Laboratório de Commander
04/01/2018 10:00 / 4,841 visualizações / 14 comentários
 
Aloha, cremosos! Bem-vindos ao primeiro Laboratório de Commander de 2018! Antes de mais nada Feliz Ano Novo para todos vocês, que Urza proporcione muitas vitórias, bons boosters, e nenhum bad match! Para iniciarmos o ano com o pé direito, trago um TOP 20 com as melhores criaturas com habilidades ETB (Enter The Battlefield) para o Mesão do Amor. Esse ranking é baseado tanto na força das cartas, quanto na frequência com que ela aparece no Mesão, ou seja, algumas cartas muito fortes (como alguns Gearhulks) ficaram de fora da lista, pois são pouquíssimo utilizados, e outras que podem parecer mais fracas (como Elfo Porto-Longinquo) estão presentes na lista por serem bem frequentes.
 
Tudo explicado, vamos começar!
 
 

Esse Elemental entra em diversas listas que se utilizam de criaturas para ganhar o jogo, já que cria fichas ao entrar no campo de batalha. A estratégia de Aterragem é muito conveniente no Mesão, que proporciona facilidade em jogar mais de um terreno no mesmo turno, com ramps baratos e diversificados. Uma forma comum de vencer o jogo é utilizando o Vingador combinado com Behemoth Crateropode, criando um exército de criaturas muito fortes e ameaçadoras. Seu excelente conjunto de habilidades o coloca na 20ª posição do nosso ranking.
 
 

Apesar de seu custo bem específico, exigindo 1GUU, ele é uma excelente resposta em decks light control (como Roon of the Hidden Realm), e nos UG que abusam de tutor de criaturas (como Momir Vig, Visionario Simic) para responder de forma eficiente às mágicas feitas pelos oponentes. Sua habilidade única o faz um excelente recurso, colocando-a na 19ª posição.
 
 

Nesta posição temos uma carta preta que, diferente da maioria, nos faz ganhar vida e comprar cartas ao mesmo tempo. Como no geral a cor exige pagamento de vida, ou perda dela, para conseguirmos recursos, essa criatura se sobressai pela união de efeitos que proporciona. Sacrificar uma criatura, muitas vezes, é apenas um bônus nisso tudo.
 
 

A única carta vermelha da lista é também uma das melhores para ganhar o controle de permanentes, por não ter restrição quanto ao tipo da mesma na qual pode dar alvo, e por permitir que escolhamos algo que nós mesmos controlamos, possibilitando o combo com Kiki-Jiki, o Estilhacador de Espelhos.
 
16. Primordiais
 

Essa posição é dividida entre os quatro Primordiais válidos no Mesão (Primordial Silvestre é banido), portanto seus companheiros Primordial Diluviano, Primordial Luminar, Primordial Sepulcral e Primordial de Metal Fundido se aglomeram aqui, lembrando que, se seus efeitos já são muito fortes com apenas um oponente na mesa, são ainda melhores quando jogamos contra vários cremosos ao mesmo tempo. Apesar de custarem bastantes manas, seus efeitos provocam um grande impacto no jogo.
 
 

Mais uma posição dividida entre duas criaturas com efeitos semelhantes. Ambos são muito fortes, talvez os melhores no quesito remoção de permanentes, e por isso compartilham esse espaço. O Ginete é levemente mais forte, pois exila a permanente, e seu efeito acontece ao entrar e ao sair do campo de batalha, mas o anjo também é uma opção extremamente viável, e em alguns decks, como na Kaalia of the Vast, se sai melhor, por entrar de graça.
 
 

 
O efeito desse Mago pode até ser encontrado em algumas Instantâneas ou Feitiços, mas por ser uma criatura, que torna-se um block, Arqueomante entra nessa lista como um destaque dentre as criaturas azuis. Sua força se dá pela possibilidade de ser tutorado com tutores verdes de criatura, e pela capacidade de ser reanimado com cartas que o fazem. Além disso, se piscado, seu efeito desencadeia novamente.
 
 

Dupla de elfos que entra em jogo buscando por terrenos, uma excelente habilidade no Mesão, onde o poder de fogo depende muito da quantidade de mana que cada um é capaz de gerar ao longo do jogo. Assim como Arqueomante, seus destaques se dão pela possibilidade de serem tutorados, e por se tornarem recursos para, por exemplo, Evolucao Arcana ou Casulo de Nascimento.
 
 

Um bicho que entra em jogo levando embora todos os encantamentos e artefatos, e ainda cresce de acordo com a quantidade destes que foram destruídos. Para ser perfeito, apenas se deixasse os nossos intactos, mas nem tudo na vida são flores. A capacidade desse Elemental de atrapalhar o jogo dos oponentes é gigantesca, assim como ele quando engole as permanentes, trazendo-o para a 12ª colocação.
 
 

Eu poderia ter escolhido colocar aqui uma variedade de cartas que, ao entrar em jogo, destroem a criatura alvo, mas acredito que as habilidades desses dois são bem mais devastadoras no Mesão, por obrigarem todos os oponentes a sacrificarem algo, e por possibilitar arrancar da mesa criaturas com Indestrutível ou Resistência à Magia. Combinados com generais que reanimam, ou que abusam do sacrifício, como Meren of Clan Nel Toth ou Savra, Rainha dos Golgari, esses dois se tornam incômodos de peso.
 
 

 
Mais uma carta excelente, com um efeito único dentre os seus. Venser fede a combo de tal forma, que é até um pecado não citar o fato de que, ao lado do Navegador Habilidoso e de muita mana, muitas permanentes retornam para as mãos de seus donos. Se você tiver mana infinita, então, GG. Esse Mago também é uma resposta perfeita contra mágicas que não podem ser anuladas, e seu conjunto garante a ele a entrada no TOP 10!
 
 

 
Mais uma da série "está aqui porque é criatura, mesmo tendo feitiços que fazem a mesma coisa". Lembrem-se que ser block, permitir ser tutorado com cartas que buscam criaturas, e a reanimação, tornam criaturas com efeitos ETB muito mais viáveis do que instantâneas ou feitiços. Com esse Anjo não é diferente, e por 3WW, sem drawback, ele traz qualquer criatura do nosso cemitério de volta. Perfeito para combar com Asas da Alvorada e mais uma criatura com poder baixo que faça estrago, podendo ser Limo Acido, o já citado Venser, Sabio Modelador, dentre tantos outros. Com um sac outlet na mesa, e algo no estilo Degolador de Zulaport , é GG.
 
 

 
Acabamos de falar dele, e sua versatilidade o traz ao oitavo lugar neste ranking, podendo destruir um artefato, encantamento, ou terreno, excelente para quebrar a base de um oponente. Ademais, esse Lodo tem Toque Mortífero, ameaçando as criaturas dos oponentes.
 
 

 
Combeiro de plantão! Mana infinita é seu sobrenome, quando pareado com seu melhor amigo Navegador Habilidoso. O que traz o Dragonete aqui é a certeza de encontrá-lo nos mais diferentes decks, e a facilidade com que ele comba. Menção honrosa aqui para Baleia Acu e Palincrono; mas o sétimo lugar é do Dragonete por ser bem mais barato que seus amigos.
 
 

 
Acredito que não seja necessário me alongar nessa carta, uma vez que sua brutalidade fala por si só. Por mais que existam outras criaturas com efeitos parecidos, somente ele é ele. Não é à toa que é wincon de diversos decks, uma vez que um ataque pumpado por ele é dificílimo de ser parado.
 
 

 
Entrando no TOP 5, duas criaturas que tutoram, sem restrição. Perfeitos onde quer que se encontrem, especialmente em decks que precisam encher o cemitério com criaturas (Karador, Ghost Chieftain), no caso da Sidisi; e no caso do Demônio, fazendo diferença em decks que geram muita mana, como alguns monoB, ou nos que splasham pra verde e podem fazer, por exemplo, Unhas e Dentes . Além de tudo, são criaturas muito fortes, servindo tanto para atacar quanto para bloquear.
 
4. Titãs
 
 
Mais uma vez uma categoria divide o pódio, e mais uma vez seu representante verde (Tita Primordial) é banido do formato. Os titãs compartilham o CMC e, além de desencadearem suas habilidades ao entrar em jogo, as desencadeiam novamente quando atacam. Os destaques no Mesão ficam por conta de Tita do Tumulo e Tita de Sol, mas os quatro têm lugares garantidos em muitos decks, por suas forças e capacidade de fazerem a diferença ao entrarem em jogo.
 
 

 
A medalha de bronze vai para uma das criaturas mais acertadas da Wizards, com uma habilidade que também agrada a grande maioria dos jogadores. Esse Elemental, independente de ser evocado, ou não, tem grande impacto na mesa por acelerar o jogo de quem o conjura. Ele pode ser copiado (Conjuracao de Sombra Ignea), o que aumenta sua utilidade, além de Voar, possibilitando um block no céu. Sua versatilidade o traz ao TOP 3!
 
 
 
Recebendo a medalha de prata, uma das maiores unanimidades quanto ao que consideramos staple no Commander: nosso querido Simulacro! Talvez rampar seja algo corriqueiro para muitos jogadores, mas lembrem-se de que essa criatura é incolor, favorecendo todos os decks, não apenas os verdes, o que corrige a base de mana e alivia o medo de zicar. A força dessa criatura se dá, também, porque uma vez em campo, nenhum oponente quer matá-la, para não comprarmos uma carta, o que pode significar alguns pontos de dano nos oponentes. Pelo conjunto completo, a medalha de prata!
 
 
No lugar mais alto do pódio, a queridinha dos jogadores de verde. Essa xamã devolve qualquer carta do cemitério para a mão, e ainda fica no campo para impedir uma criatura de chegar até nós. É o tipo de recurso que todo deck precisa, principalmente no late game, quando começamos a perceber que gostaríamos de reaproveitar algumas coisas. Mais uma vez, as possibilidades de ser tutorada e reanimada contribuem para que ela se sobressaia às outras cartas do tipo. Além de tudo, seu custo é irrisório, tamanho o poder de seu ETB.
 
Antes de encerrarmos, aqui vai uma lista de Menção Honrosa: Anjo das Sancoes, Uivador da Floresta, Angel of Finality, Bocarra Ululante, Mutilador-de-chifre e Oraculo Enroscado.
 
Vamos que vamos com 2018, cremosos! Espero que tenham gostado desse TOP 20, se sim, trarei coisas do tipo mais vezes.
 
Obrigado por ficarem comigo até aqui.
 
See ya!
 

Lucas dos Santos Loterio (VIP STAFF loterio)
Depois de um hiato de oito anos, voltou a jogar Magic em 2014, e foi conquistado pelo Commander. Esboça escritos desde a adolescência e decidiu unir suas paixões trabalhando como redator. Adora criar listas de decks que sabe que nunca vai montar, sua combinação de cores favorita é Orzhov, tem xodó por sua Kaalia e está sempre pronto para um Mesão do Amor.
Redes Sociais: Facebook, Instagram
LigaMagic App

ARTIGOS RELACIONADOS

CLM 11 – Commander e Brawl

Análise do Meta do Commander 1v1 e Brawl para o CLM 11.


Laboratório de Commander – Ep LXVI

Najeela, em Busca da Glória no Combate.


Sala de Comando - Battlebond

Satanices novas para o Commander mesão.


Sala de comando - Dominaria pt. 2

Destaques da edição para o Mesão do Amor.


Deck do leitor - Dromoka, a eterna, de S0N0.

Branco, Verde e Destruição.





Comentários

Ops! Você precisa estar logado para postar comentários.

Rubens420 (09/01/2018 09:37:23)

verdade, é pior ainda,

Rubens420 (09/01/2018 09:36:41)

falou sim, ele citou ele junto com o drake

Genesis_brh (07/01/2018 20:45:14)

e ninguem falou do bicho mais filho da puta dos combos de mana infinita usando apenas 2 cartas como o " Palinchron"

Tyr (07/01/2018 15:39:38)

Po, a boa é fazer uma lista do Gerrard Capasheno...

Forgotens (06/01/2018 10:07:39)

Eldrazi não é ETB, o trigger é no cast e não qndo entram em campo.

Rubens420 (06/01/2018 09:50:55)

orra, nenhum eldrazi ?
acho eles os ETB mais quebrado do jogo....

Forgotens (04/01/2018 19:28:43)

Concordo, coilling Oracle é um baita ETB, deveria ter entrado nessa lista. (e Runescarred Demon no top 20 dividindo com sidisi, pq não citar tbm gearhulks?)

Mutrol (04/01/2018 17:03:32)

Lista perfeita!

Hollow (04/01/2018 16:08:16)

Eu acho que Palinchron merecia o posto mais que o Peregrine Drake. Apesar de ser mais difícil de jogar e menos splashável, ele comba de mais formas por causa da habilidade de pagar mana e voltar pra mão. Com qualquer Mana Doubler ele já comba. Mirari's Wake, Mana Reflection, Vorinclex, Zendikar's Ressurgence, High Tide, etc.

Hollow (04/01/2018 16:06:49)

Acho que aqui ele focou apenas nos bichos com ETB Triggers.

arthurgregorio (04/01/2018 13:20:07)

Grande Loterio ! Boas dicas para o mesão, já vou comprar algumas das cartas, achei que ficaram faltando Ionna e o Anjo da Serenidade. Valeu, ótimo artigo.

sac_cb (04/01/2018 12:33:26)

Muito bom! Mas ao invés da pesadísdimas criaturas Orzhov, eu incluiria o combástico Fiend Hunter! Completamente do mal!

Bradock (04/01/2018 12:13:51)

A lista está muito boa. Queria saber porque não mencionar os pretores (jin-gitaxias, vorinclex, elesh norm...etc). Tem custo alto, mas o impacto na mesa é muito grande.

tsuno (04/01/2018 11:07:02)

Fala cara, adorei a ideia do seu topo 20, mas meu top 10 teria algumas alterações de posição mesmo mantendo a maioria dos 10 bichos q vc escolheu:
10. Guia Carmico
9. Venser, Sabio Modelador
8. Oraculo Enroscado – Apesar de ser duas manas coloridas a ETB desse bicho é ridiculamente forte, pois pode ser um draw ou um ramp. Acho que ela merece estar no Top 10 no lugar de Dragonete Peregrino (que obviamente é absurdo de forte, mas) que joga só numa estratégia).
7. Limo Acido
6. Titãs
5. Sidisi, Vizir Morta-viva / Demonio das Cicatrizes Runicas
4. Behemoth Crateropode
3. Vaga-Pensador
2. Testemunha Eterna
1. Simulacro Solene – Ser incolor e com duas desencadeadas, podendo ser tutorado e reanimado como artefato ou bicho e sem sofrer intimidar, faz dele pra mim o top 1!!!
Parabéns pela postagem!!!