Adivinha quem tá de volta na praça?
13/02/2018 10:00 / 5,815 visualizações / 22 comentários

 

Jace, o Escultor de Mentes​ e Elfo Trancas-de-Sangue​ estão de volta ao Modern e sim essa é uma das mudanças mais radicais que o formato já recebeu desde o banimento do combo de Twin e a Eldrazi Winter.

 

No meu último artigo, eu defendi que o Modern estava saudável e diverso, a vitória do Lantern no Pro Tour não representava nada assustador e que as coisas podia seguir seu rumo. O Grand Prix Toronto mostrou um top32 absurdamente diverso, apesar de muito rápido e agressivo, mas ainda sim, com diversas estratégias possíveis, o que agrada o público desse formato, que está feliz quando pode jogar com a estratégia que preferir.

 

Ok, tudo lindo, tudo legal, mas a Wizards resolveu chacoalhar esse belo mundo de cristal e as coisas podem mudar. E não é pouco. 

 

 

 

Começando pelo elfo, não é novidade para ninguém que o Xama do Ritual Mortfifero​ é que devia ter sido banido quando acertaram o Elfo Trancas-de-Sangue​, o "planeswalker de 1 mana" era o real monstro do Jund e seria depois banido, ainda sim, a WotC não voltou atrás e deixou nosso amigo de orelhas pontudas na geladeira.

 

Elfo Trancas-de-Sangue é um card de valor, seus status de combate são baixos, tanto que o ímpeto é sua maior ameaça, mas a Cascata deixa ele interessante sendo sempre "faça tal mágica forte e ainda ganhe esse corpo". Levando em conta o quanto decks midrange amam 2 para 1, é fácil entender a paixão deles pelo elfo. 

 

Com o formato ficando cada vez mais rápido, foi se popularizando a ideia de desbanir o elfo, ainda mais se combinarmos que ele nunca devia ter sido banido, para começo de conversa.

 

O mundo com ele é de um Jund que finalmente tem um card forte para bater de frente com o Abzan, apesar de branco se ruma cor espetacular para sideboard, mas, mais do que isso, Elfo Trancas-de-Sangue​ abre para diversos midrages novos, incluindo listas com Visao Ancestral​, uma interação que assusta um pouco, por ser quase a nível Legacy, mas que agora é possível no Modern.

 

Apesar de apreensão com relação à Visao Ancestral, ainda acho o unban do elfo tranquilo e talvez dê vida aos midranges clássicos que cairam em desuso.

 

 

Eu joguei com Jace, o Escultor de Mentes​ em dois momentos. Quando ele foi Standard, vulgo a Era do Caw Blade, onde era impossível construir algo para gerar valor sem azul, simplesmente porque Jace era melhor que qualquer coisa. Lembrando que era um Standard com Gemea Estilhacadora​, Raio​, Inquisicao de Kozilek, Valakut, o Pinaculo Derretido​, entre outras cartas poderosas. Ser agressivo era uma ótima estratégia versus decks de Jace, pela dificuldade de ganhar em valor dele, era preferível só ser mais rápido e o formato te dava ferramentas para tal ideia. A segunda vez que eu e Jace, o Escultor de Mentes​ nos encontramos foi no Legacy, um formato mas rápido e agressivo, onde o custo alto do Jace determinava que ela não seria facilmente retirado da mesa (Denegeracao Abrupta​ era bem comum na época) e que ele jogaria em estratégias mais lentas, todas usando Jace como o ponto em que o jogo ficava controlado.

 

O que aprendi sobre esse planeswalker é que é praticamente impossível bater de frente com ele, sua função é gerar card advantage e ele é perfeito no que faz. Você pode jogar tão grande que simplesmente ignora sua presença, ou ser muito rápido, mas nunca tentar ser igual. E esse é o meu medo, por hora, é possível jogar com midranges mais lentos no Modern, seja BG, seja Abzan, mas Jace, o Escultor de Mentes​ pode impedir isso, fazendo com que todo deck com azul tenha uma bomba contra midranges, o tipo de carta que determina que o formato será mais rápido, afim de bate-la.

 

Jace e o Elfo

 

O Modern tem algumas modas quando a discussão é ban/unban, nas ultimas semanas BBE e Jace foram bem populares, assim como Twin. Essa discussão acontecia em outras época, quando Jace, o Escultor de Mentes e Elfo Trancas-de-Sangue​ eram considerados polos que se anulavam. BBE representa os midranges BGx e seria uma resposta pronta para o domínio do Jace em termos de card advantage, já que, pelo mesmo custo seria possível voltar gerando um 2 por 1, punindo um controle muito ambicioso. Por outro lado, Jace pune automaticamente os BGx, por se ruma fonte melhor de card advantage. 

 

Essa discussão ganhou novos ares com duas coisas: Uma é Visao Ancestral​, com ela , é possível um deck de BBE, Jace e muito card advantage, que poderia ser melhor do que qualquer deck que temos, dominando completamente a curva alta. Outro ponto é que o resto do formato também existe, naquela época BGx realmente dominava, mas hoje ele está fraco e Jace poderia ser o que faltava para matar o arquétipo, forçando o meta a ficar mais agressivo, em um ponto que as estratégias baseadas em Atravessar Ulvenwald​ seria uma ideia bem melhor que o antigo midrange.

 

-

Elfo passa tranquilo, as o Jace será um ponto importante no Modern, podemos ver uma série de Unbans, aumentando o power level do formato, justamente para acompanhar essa nova ameaça, ou podemos ver a Wizards voltando atrás, sendo até mesmo acusada de ter feito apenas uma jogada de Marketing, já que o Jace sai na edição que comemora os 25 anos do Magic.

 

Eu sou da opinião que Jace, o Escultor de Mentes vai acelerar o formato de tal forma, que todos teremos que ser mais injustos que o normal, acarretando em um novo banimento. Mas dia 19 desse mês começaremos a descobrir a verdade.

 

 

Até mais!

 

Ruda

 

 

 

 


Rudá Andrade dos Reis (VIP STAFF Ruda)
Aficionado por decks azuis agressivos, mas que não dispensa um bom Siege Rhino nas horas vagas, está no Magic desde 2003, em Flagelo. Em 2012 começou escrever sobre Magic e não parou mais, sendo que em 2015 se tornou Editor da Ligamagic.
Redes Sociais: Facebook, Twitter
LigaMagic App

ARTIGOS RELACIONADOS

O Meu CLM 11 - Pauper, Modern e Coverage

Top8 e conclusões sobre o evento.


O Submundo do Modern - UR Magos

Wingardium leviburn em você.


Já acabou, Jéssica?

CLM Modern e Legacy.


Uma verdadeira “Morte Vívida”

Top32 no GPSP de Living End,





Comentários

Ops! Você precisa estar logado para postar comentários.

Bruno_Orelha (14/02/2018 14:37:31)

A wizards tem a política de só restringir cartas no Vintage.

STANDARD dial0g (14/02/2018 12:10:56)

Jace só foi buscado por 22.000 pessoas desde segunda-feira.

Acho que quase ninguém se importou com a volta dele rs..

GENERALLEE (14/02/2018 10:01:10)

temur renasce no modern

Kram (14/02/2018 00:03:56)

Aí já é demais 😂

AtilaAC (13/02/2018 23:47:12)

EU SOU FODA, E AINDA QUERO COUNTERSPELL

AtilaAC (13/02/2018 23:46:58)

EU DISSE PORRA

AtilaAC (13/02/2018 23:46:47)

DIGA-ME QUEM É O REI DESSA PORRA

Sandes (13/02/2018 19:45:29)

Acredito eu q era mais fácil restringir a carta do q liberar 4x JTMS para todos os decks azuis. Porque com certeza será isso a ira acontecer!

michelmelem (13/02/2018 16:58:24)

Exatamente, disse tudo, triste de quem joga de bgx e outros midranges, acabaram de ser engolidos, bbe sem drs não fede nem cheira

VIP OURO dudujp82 (13/02/2018 15:34:28)

O titulo deveria ser "A volta dos que não foram", no caso do JTMS, ele nunca esteve na praça...

Dexcamp (13/02/2018 15:10:45)

Sugiro uma leitura prévia do artigo para corrigí-lo antes da publicação
Em relação ao desbanimento, é óbvio que foi uma jogada da Wizards para vender o novo produto.
Com certeza o formato tende a caminhar para 2 tipos de decks: agros explosivos como hollow one ou control baseados no jace

toothreturn (13/02/2018 15:02:10)

E o bolão do CLM, quem ganhou? =P

VIP STAFF Sol_Badguy (13/02/2018 14:28:15)

O Jace é o tipo de carta q tem q receber uma condicional pra ver o efeito dele.

E não só ele, outras cartas valem o teste. Eu achei ok o desbanimento já que o ambiente estava saudável. Quanto menos cards na ban list, melhor.

O maior problema é o cara q joga de jeskai torrar grana num jace e o bixo se mostrar fodêncio demais e perder a condicional...

Mas assim, a galera tem q ficar esperta. Sabe o potencial do bixo e que ele pode voltar a ficar atrás das grades. Eu sugiro esperar os pros-players, o MOL e quem tenha guardado os Jaces começar o teste. Pode até ficar mais caro depois, mas se ver que o bixo está abusivo, nem compra e espera o ban.

HHHH (13/02/2018 14:01:07)

Saiu no "saidão de carnaval", vai aproveitar para cometer vários crimes, especialmente contra o patrimônio dos jogadores, e depois será preso novamente. O Wizards acha que a cadeia regenerou o Jace, mas não, ele continua perigoso e violento.

Kram (13/02/2018 13:57:19)

Perfeito, concordo.

Soydioalex (13/02/2018 13:01:17)

Pra mim Jce é um preso que saiu pra tomar banho de sol, deve voltar em breve pra cela.

Historia1986 (13/02/2018 12:55:00)

Hero's Downfall pode vir a ver jogo no Modern e consequentemente subir de preço por causa do Jace ?

ThorNeira (13/02/2018 12:39:40)

Os aggros estavam dominando o formato. Para balancear, desbaniram o Jace. Justo.

ekiler (13/02/2018 12:13:02)

Nao tenho cacife pra montar jund, e se o formato encher de jaces control é certeza que vou passar o ano sem jogar modern ate o aguardado reban (jogo mais t2 mesmo nao vai me fazer falta)

Gobbo1980 (13/02/2018 11:14:46)

Perfeito! Pra mim esse Unban já estava definido como estratégia de marketing há muito tempo. Vou aguardar, mas, pra ser sincero, perdi um pouco do tesão no formato que, do meu ponto de vista, estava aberto a inovações.

Ricardo_R_JR (13/02/2018 10:24:35)

A análise do Jace no modern por comparação aos outros formatos nos traz nada. A época do caw blade é considerada uma das maiores aberrações do standard. No Legacy existem outras defesas azuis que nunca teremos no modern. Só o tempo e os jogadores experientes do formato nos dirão o quanto o Jace vai chacoalhar o formato.

Mop_Coldheart (13/02/2018 10:21:58)

Para diversificar os blue based controls, baniram o twin. Agora eles voltam com Jace, que claramente estará em 4 of em TODOS os controls e midranges que joguem com a cor. Uma explicação ridícula dessas de que se tapar no turno 4 é ruim no modern e mimimi. Como se o jogador de control não fosse limpar a mesa antes de jogar o jace... Sobre a aceleração do formato, acho que JTMS vai acabar fodendo os heavy aggros e não o contrário, os UWx (especialmente jeskai e esper) tem ferramentas de sobra pra trocar 1 pra 1 com os aggros (path, bolt, push, helix) e depois estabilizar com um sweeper e descer o jace, que vai simplesmente impedir o aggro de comprar ameaças. Inicialmente acredito que combos que não ligam pro Jace e decks que jogam muito maior vão se dar melhor. (Storm e BG tron). A wizards errou feio novamente nesse unban, a última merda desse tamanho tinha sido o GGT