Bancada do Juiz: RPTQ Trios
06/06/2018 18:00 / 2,371 visualizações / 5 comentários
 
Olá, pessoas! Sejam bem-vindas a mais uma Bancada do Juiz! Nesta última temporada de PPTQs, tivemos uma novidade — o RPTQ de equipes, Standard Unificado. E, pensando nesse formato, com a proximidade do evento, decidimos trazer algumas dicas para que seu evento seja o mais proveitoso possível e para que possa se focar ao máximo nas partidas!
 
Ué, judge… vai dar dicas de gameplay, hoje?
 
Não, claro que não. Para dicas de como melhorar seu jogo, o Matheus Yanagiura escreveu um excelente artigo, o Bruno deu algumas dicas e o Rudá falou de decks para sua equipe. Hoje nós vamos falar não só sobre regras, mas também de erros que acontecem com mais frequência por ser um evento de equipes.
 
Beleza então, manda ver, judge!
 
-> CUIDADO COM O SLOW PLAY
 
Não, pera aí, judge… esse aí é óbvio.
 
Então tá, deixe-me corrigir
 
-> CUIDADO *ESPECIAL* COM O SLOW PLAY
 
Como é de costume, vamos começar com a parte das regras:
 
Guia de Procedimentos para Infrações (IPG)
 
3.3 Erro de Torneio - Jogo Lento
 
Definição
 
Um jogador leva mais tempo do que o razoável para concluir as ações do jogo. Se um juiz acredita que um jogador está agindo intencionalmente ao jogar lentamente para tirar vantagem de um limite de tempo, a infração é Conduta Antidesportiva — Protelar.
Considera-se também como jogo lento se um jogador continua a executar um loop sem ser capaz de fornecer um número exato de iterações e sem definir um estado resultante do jogo.
 
Numa partida normal, obviamente, cada player é responsável por jogar sua partida num tempo aceitável. A situação muda de figura quando, de repente, cada player é responsável não só por sua partida, mas também por auxiliar as pessoas de sua equipe. Apesar de “duas cabeças pensarem melhor do que uma”, acabam também tendo linhas diferente de jogo e estratégia. Essas discussões tomam um tempo extra que não acontece numa partida individual.
 
Faz sentido, Judge… mas o que é considerado tomar tempo demais?
 
Numa explicação sucinta: coisas como olhar sua mão / cemitério múltiplas vezes, perguntar múltiplas vezes o número de cards na mão de oponentes ou checar zonas públicas (campo de batalha, cemitério) de forma repetida, sem que nenhuma informação tenha mudado, são vistas como Jogo Lento. Tomar muito tempo em seu turno sem fazer nenhuma ação é algo a se vigiar — ainda mais quando a equipe está em conversa intensa diante de uma jogada difícil ou uma situação que pode significar a vitória ou a derrota.
 
Entendi. E qual a melhor forma de evitar isso?
 
 - Mantenham as conversas entre a equipe curtas e objetivas. Cronometrar o tempo que um jogo leva em treinos (ou até mesmo quanto tempo uma conversa leva) pode ajudar a medir se uma equipe está se distraindo demais do ponto ou levando tempo demais pra chegar a um consenso;

- Foco em sua partida. Enquanto existe a possibilidade de ajudar as pessoas de sua equipe, a maior responsabilidade de cada player é terminar sua partida dentro do tempo da rodada;

 - Olhar os cemitérios, mão e campo de batalha múltiplas vezes não vai mudar as coisas lá. Confirmar uma informação é ok, pedir para olhar o cemitério oponente oito vezes é consumir tempo;
 
 - TREINO. Argumentos como “meu deck é difícil de jogar”, “é minha primeira vez jogando com o deck” são completamente irrelevantes. Cada player num torneio tem a responsabilidade de terminar sua partida dentro do tempo da rodada;

 - Algumas vezes você terá a sorte de receber um aviso de “preciso que o jogo avance” de judges. Isso não quer dizer que jogar um terreno “reseta a tolerância” de tempo do turno, mas que o jogo precisa de fato avançar. Caso receba esse aviso cortesia, imediatamente faça sua jogada;
 
 - O problema pode se tornar uma solução. Se membros da equipe colaborarem, é possível chegar em conclusões de jogada mais rápido.
 
Por fim, a dica mais importante: se você suspeitar que alguém da outra equipe está jogando devagar, CHAME POR JUDGES! Caso não queira ser muito óbvio, disfarce: diga que é uma dúvida de regra, peça para falar longe da mesa e explique a situação. A maioria não gosta de “receber acusações” de estar jogando devagar, então essa é uma alternativa bastante viável.
 
CHEQUEM LISTAS DE DECK E SHIELDS - EVITEM PERDAS DE JOGO TOSCAS!
 
Uma lista de deck que tem 56 cards por 4 Catacumbas Submersas não terem sido registradas gera uma Perda de Jogo. Essa penalidade é muito mais relacionada com a atenção das pessoas da equipe que com a habilidade em Magic em si. Essa situação se agrava num torneio de equipes, uma vez que são três listas e não se pode usar cópias de um card em dois decks diferentes. Como o formato é Unificado, lembrem-se: caso player A tenha 2 Empurrão Fatal em sua lista, o card Empurrão Fatal não pode estar na lista de player B ou C, não importa a quantidade.
 
Judge, Unificado é quando as três listas juntas não tem mais do que 4 cópias de um card?
 
Exceto terrenos básicos, isso. E, como já dito acima, se qualquer player da equipe usa um card específico, esse card não pode estar em nenhuma outra lista.
 
Outro problema que causa Perda de Jogo são cards dupla face, como Busca por Azcanta. Por mais que chequem os shields em casa, existem casos em que os shields exibem uma transparência diferente dependendo da iluminação do ambiente. Portanto, recomendo fortemente o uso de cards curinga representando os cards. Novamente, três decks de um formato unificado podem acabar usando cards que normalmente não são usados. 
Portanto, atenção extra!
 
Judge, posso fazer uma checklist personalizada, apagando um card?
 
Enquanto podem parecer, cards curinga são cards oficiais, assim como qualquer outro. Portanto, não se podem fazer proxies com outros cards — as regras exigem o uso de checklists oficiais.
 
 
CONFIRMEM OPONENTES!
 
Recentemente, um Pro Player escreveu um artigo sobre um evento de equipes em que oponentes sentaram em mesas erradas e só notaram o erro porque o evento era multi-formato (ou seja, player standard sentou na frente de player legacy). Os pareamentos divulgados devem mostrar exatamente quem é player A, B e C mas, infelizmente, em um evento de grande porte, erros acontecem na comunicação de uma equipe. Portanto, sempre chequem se Players A, B e C estão jogando contra as respectivas letras!
 
CUIDADO COM ANOTAÇÕES!
 
É importante lembrar que notas feita fora de uma partida, tais como a famosa “cola de sideboard”, só podem ser acessadas entre jogos. Isso é válido para todos os membros da equipe, ou seja: se player C está entre jogos olhando suas anotações de Sideboard e Player B estiver no meio de um jogo, não poderá olhar as anotações.
 
Mas Judge… não podemos simplesmente comentar sobre as anotações?
 
Sim, isso é possível. No entanto, como a organização não pode garantir que as anotações tenham apenas informações que não teriam nenhuma relevância para a partida de B, mantém-se que não é permitido acessar anotações de fora da partida durante um jogo. Pode parecer mais burocrático que o normal (e talvez seja, já que é uma regra que toma como base uma partida individual) mas, até que mudem as regras, é bom tomar cuidado com isso.
 
O RPTQ de equipes será uma das primeiras oportunidades da comunidade experimentar o formato construído de equipes em REL Competitivo. Portanto, uma preparação extra pode garantir um melhor desempenho, principalmente quando evitam coisas como Avisos por Jogo Lento ou Perdas de Jogo por coisas toscas!
 
Pessoal, muito obrigado pela atenção. Eventos de equipes, enquanto algo relativamente novo, devem ficar cada vez mais populares no futuro. Já tivemos Grand Prix de equipes em São Paulo, e não seria surpresa se isso acontecesse num futuro próximo!
 
Caso tenha dúvidas, entre em contato conosco na página facebook.com/BancadadoJuiz, no Facebook!
 
Lembrem-se sempre: qualquer problema na sua partida, CHAME JUDGE!
 
Qualquer dúvida relacionada a Magic, FALE COM JUDGES!
 
Um grande abraço e até a próxima!
 
TAGS: 

André Tepedino (VIP STAFF andreh)
Juiz Nível 3 de Magic: The Gathering. Certificado desde 2004, conta com boa experiência de eventos brasileiros e internacionais. Entusiasta apaixonado pelo jogo, sempre está disposto a contribuir para o crescimento e melhoramento da comunidade. Quando descobriu que não jogaria mais competitivo por preferir arbitrar, optou por jogar Commander casual para se divertir.
Redes Sociais: Facebook, Twitter
LigaMagic App

ARTIGOS RELACIONADOS

Planeswalkers na Mira!

Entenda tudo sobre a mudança na regra.


Bancada do Juiz: Competitivo

O que saber das regras para jogar melhor a Grande Final do CLM.


As “Não-Partidas” de Magic

Uma reflexão sobre Concessões, IDs e Splits.


Bancada do Juiz - Juiz!

Problemas na partida? Chame o Juiz!


Bancada do Juiz - Competitivo e Regular

As diferenças na aplicação de regra.





Comentários

Ops! Você precisa estar logado para postar comentários.

VIP OURO kk3kk4 (07/06/2018 16:38:31)

Concordo em Genero, Numero e Grau. Mas, infelizmente, parece que nem todo mundo vai apenas para jogar/competir/ou até mesmo se divertir. Alguns também querem chamar atenção. =(

VIP STAFF andreh (07/06/2018 05:57:39)

A maioria de problemas acontece quando se falta bom senso. Torneios de magic nao sao um lugar pra coisas ecchi, nudez, objetificacao, etc.

VIP OURO kk3kk4 (07/06/2018 02:20:09)

Não lembro agora se foi no CLM 9 ou no GP. Mas um player jogando do meu lado levou uma warning pq estava com tokens de besta 3/3 fazendo sátira à ex-presidente Dilma. Quem alertou o Juiz foi um terceiro, que estava fora da partida e se ofendeu com as fichas. Independente do que possa ser, é correto imaginar que os tokens personalizados não devem fazer provocações ou ser ofensivo para qualquer que seja o indivíduo. Aliás, já ouvi ocorrencias também com playmaths de animes "ecchi". Enfim...

VIP STAFF andreh (06/06/2018 22:33:36)

Tokens pode imprimir e levar, desdeque tenham artes apropriadas para o evento :)

NetoWylde (06/06/2018 21:09:45)

Muito boa a coluna.
Tenho uma duvida. No caso de tokens? Tem que ser token oficial? Posso imprimir e levar?
Valeu.