Load or Cast
O retorno do UB Delver
.Quem foi Rei nunca perde a majestade.
06/12/2019 10:05 - 13.051 visualizações - 17 comentários
Load or Cast

Final de ano é sempre aquela loucura para definir o deck para o Nacional Pauper e este ano não poderia ser diferente. Assim que Arcum´s Astrolabe foi banido, Fog Tron se tornou rapidamente o deck a ser batido do formato, portanto, independente do deck que escolhesse, sabia que precisaria ter um bom plano de jogo contra Tron.


Mesmo Tron sendo nitidamente o melhor deck do formato, seu estilo de jogo é bem distante do que estou acostumado a jogar no Pauper e para um torneio tão longo e cansativo como o Nacional, preferi me manter na zona de conforto e jogar com algo que eu já estivesse mais acostumado.


Apesar do flerte que tive com o Boros Monarch na Pauper Premiere League, nenhuma versão de Boros me chamava a atenção, principalmente por ambas possuírem dificuldades contra Tron. Stompy foi um deck que me dediquei bastante este ano, mas não o considerava uma escolha forte para o Nacional.


Fui avaliando cada opção minimamente competitiva para o torneio e eliminando um a um de acordo com algumas convicções que possuía sobre o formato e metagame:


 O deck mais jogado seria o Boros (Monarch e Bully);
 Tron era o deck mais forte do formato e atrairia uma boa parcela de jogadores;
 Burn e Affinity seriam decks que apareceriam com uma frequência muito maior do queno Magic Online;
 De forma geral, o ambiente do Nacional seria mais aggro do que o Magic Online;


Depois de ter tido boas experiências com o UB Exhume, resolvi trocar o kit Exhume e Striped Riverwinder por Delver of Secrets e uma quantidade maior de remoções e counters para que desta forma conseguisse ser mais agressivo contra Tron, tivesse uma lista mais equilibrada e que dependeria ainda menos do cemitério para obter sucesso.


Eu e o carvs começamos a testar as mais variadas versões de UB Delver para tentar encontrar a configuração ideal. Sério! Tudo que é carta que você pode imaginar foi testada no deck nestas últimas semanas. Testamos Accumulated Knowledge, Deep Analysis, Mental Note, Ghastly Demise, Sultai Scavenger, Devour Flesh, Exclude, Soul Manipulation e muitas outras opções.


Durante esta fase de testes, a primeira grande descoberta foi entender que a interação entre Mystic Sanctuary e Deprive é absurdamente boa. Iniciamos com uma cópia de cada no deck e rapidamente aumentamos para duas cópias.


Mystic Sanctuary é uma carta que possui um power level absurdo e deveria ser inclusive mais utilizada no Pauper. Contar como uma Ilha e ter a opção de entrar em pé no late game fazem com que a carta entre em outro patamar e sua interação com Deprive é apenas uma de tantas utilidades que o Sanctuary oferece ao deck.


O fato de a mágica escolhida ir para o topo de seu grimório permite com que o seu Delver se transforme no turno seguinte e que o Augur não falhe, gerando o card advantage necessário. Outro ponto importante é poder reutilizar cartas que tenham parado no cemitério após você precisar fazer um Thought Scour mais agressivo no escuro.


Poder reaproveitar remoções, counters e cartas do sideboard deixavam o deck ainda mais forte e o único ponto de atenção era ser mais cuidadoso na hora de exilar as cartas do cemitério quando estiver baixando o Gurmag Angler.

 

Tragic Lesson foi uma adição tardia ao deck, mas que também interagia muito bem com Sanctuary. Na pior das hipóteses, você conseguiria descartar uma carta colocando de uma só vez duas cartas no cemitério para o Gurmag, além de poder retornar um terreno qualquer para a mão e otimizar os Brainstorms no late game.


A segunda grande descoberta foi entender a necessidade de Force Spike na lista. O primo distante de Daze está longe de ter o mesmo potencial de seu antecessor, mas consegue ser suficientemente bom para controlar a maioria dos decks aggro do formato.


Spell Pierce é fundamental para anular Battle Screech, Expedition Map, Prophetic Prism, Chainer´s Edict e muitos outros feitiços, artefatos e encantamentos que não conseguem ser anulados por Dispel, mas somente Force Spike é capaz de anular Burning Tree Emissary, Squadron Hawk e Thermo Alchemist no segundo turno.


Novamente foi uma carta que iniciamos com uma cópia no deck, mas que acabamos aumentando rapidamente a quantidade de cópias depois dos primeiros testes. Ter counters como Deprive e Counterspell são muito importantes para lidar com ameaças como Mulldrifter, Dinrova Horror e Palace Sentinels, mas são os counters de uma mana que te permitem segurar o ímpeto do oponente nos primeiros turnos enquanto você desenvolve sua mesa de jogo e cemitério.


A última grande descoberta e principal surpresa na lista foi Thorn of the Black Rose. Durante a construção do deck sabíamos que precisávamos de algumas opções para gerar card advantage e conseguir jogar partidas longas contra os principais midranges do formato e algumas versões de Tron.


Por muito tempo optamos por apostar em Deep Analysis devido sua interação com Augur e Mystic Sanctuary, mas depois de conseguir fazer Thorn of the Black Rose no quarto turno contra Tron, você nunca mais vai querer testar outras cartas, foi amor à primeira vista. Thorn não só era eficiente contra Tron e midranges (MBC, BW Pestilence, Boros, etc) como no desespero poderia servir como um blocker para Atog ou algum megazord do Stompy, White Heroic ou GW Auras.


Após longas semanas de testes, segue a lista que eu e o carvs utilizamos no Nacional Pauper:


UB Delver
8882 visualizações
03/12/2019
R$ 205,38
R$ 427,45
R$ 3.262,55
8882 visualizações
03/12/2019
Visualização:
Padrão
Cor
Custo
Raridade
Visual
CMC
Comprar Deck
Criaturas (13)
4  Investigador de Segredos 4,49
4  Áugure de Nicol Bolas  0,25
1  Thorn of the Black Rose  4,99
4  Pescador Grumag  0,75
Mágicas (28)
2  Acúleo da Força 0,75
1  Delir 0,25
2  Perfurar Mágica 0,30
2  Ponderar 6,45
3  Preordenar 12,99
3  Purgar Pensamento 0,45
4  Tempestade Cerebral 2,20
1  Contramágica  2,46
2  Degeneração Reverberante  2,50
2  Desprover  13,79
2  Distorção Agonizante  0,05
1  Verdade Reverberante  0,50
1  Lição Trágica  0,12
2  Liquidar  7,00
Terrenos (19)
1  Aqueduto Dimir0,49
2  Desolação Fumegante2,50
8  Ilha da Neve2,85
2  Pântano da Neve1,75
2  Santuário Místico1,10
4  Vastidão Morfoterrena0,05
60 cards total

Sideboard (15)
2  Anular 0,05
1  Delir 0,25
4  Explosão Hídrica 1,75
2  Relíquia de Progenitus 9,99
2  Murchar  0,09
1  Verdade Reverberante  0,50
1  Cártula da Ambição  0,14
2  Geist da Tempestade   0,98


Tirando as cartas que destaquei, as demais opções são bem padrões do arquétipo, portanto não vejo tanta necessidade de tecer maiores comentários. Na base de mana, gosto muito da única cópia de Dimir Aqueduct por interagir muito bem com Sanctuary, ser mais uma fonte preta para o deck e permitir com que você consiga fazer Agony Warp, Echoing Decay, Augur of Bolas e Echoing Truth com um único terreno.


Última observação vai para Echoing Truth, carta pouco utilizada no formato e que possui uma versatilidade invejável. Começamos com uma única cópia no deck e na última semana resolvemos incluir uma segunda cópia no sideboard. Truth funciona muito bem em partidas honestas, mas que podem desandar, como o caso dos confrontos contra GW Auras, Mono White Heroic, Boros Bully e Stompy.


Poder devolver qualquer permanente não-terreno é bem interessante e faz com que você consiga explorar jogadas como devolver Journey para mão no final do turno do oponente para bater com o Gurmag Angler exilado e roubar a coroa do Monarch. Ou devolver mais de uma cópia de Augur para sua mão e gerar mais card advantage em momentos que seus recursos estão escassos.


O meu desempenho esteve longe de ser bom e depois de perder duas partidas nas três primeiras rodadas, optei por dropar do evento e curtir a família ao invés de passar o restante do domingo jogando com remotas chances de conquistar uma boa premiação. Já o carvs obteve um pouco mais de sorte e após abrir 5-2 no torneio, optou por conceder para um amigo que tinha mais chances de chegar ao top 16.


Apesar do mal resultado no Nacional, continuo apostando no deck, que segue conquistando sólidos resultados no Magic Online. Tem dia que realmente a sorte não está do nosso lado e o mais importante é saber aprender com os erros, erguer a cabeça e se preparar para o próximo grande evento.


Se você tiver ainda mais alguma dúvida sobre a lista, utilize a sessão de comentários fazer qualquer tipo de questionamento e será um prazer responder. Caso tenha gostado da lista e resolver jogar competitivamente com ela, não esqueça também de compartilhar os seus resultados comigo.


Para encerrar o texto de hoje, deixo um completo guia de sideboard para quem quiser se aventurar com o deck:


Burn


+4 Hydroblast +1 Dispel +1 Cartouche of Ambition
-2 Echoing Decay -2 Snuff Out -1 Deprive -1 Thorn of the Black Rose


Stompy


+2 Annul +1 Dispel +2 Shrivel +1 Cartouche of Ambition +1 Echoing Truth
-1 Counterspell -2 Deprive -1 Thorn of the Black Rose -1 Tragic Lessson -1 Spell Pierce -1 Delver of Secrets


Affinity


+4 Hydroblast +2 Annul +1 Dispel
-2 Echoing Decay -2 Force Spike -2 Agony Warp -1 Counterspell


Boros Bully


+2 Shrivel +1 Echoing Truth +1 Dispel +2 Hydroblast +2 Stormbound Geist +2 Relic of Progenitus +1 Cartouche of Ambition
-4 Delver of Secrets -2 Force Spike -1 Thorn of the Black Rose -3 Thought Scour -1 Counterspell

 


Boros Monarch


+2 Annul +2 Hydroblast +2 Stormbound Geist +1 Relic of Progenitus +1 Dispel
-4 Delver of Secrets -2 Force Spike -2 Thought Scour


Fog Tron


+2 Annul +1 Dispel +2 Relic of Progenitus
-2 Echoing Decay -2 Agony Warp -1 Echoing Truth


Elves


+2 Shrivel +1 Cartouche of Ambition +1 Echoing Truth
-1 Dispel -1 Thorn of the Black Rose -2 Force Spike


GW Auras


+1 Echoing Truth +2 Annul +1 Cartouche of Ambition +2 Shrivel
-2 Echoing Decay -2 Agony Warp -2 Snuff Out

 

Obrigado a todos pela leitura e até a próxima!

Ricardo Mattana ( Thorgrim)
Ricardo, 31 anos, carioca residente em Barueri, é formado em Propaganda e Marketing e teve seu primeiro contato com o Magic em 1999. Atualmente é um grande entusiasta do Pauper, admirador de cartas comuns históricas e apaixonado pelo Magic raiz!
Comentários
Ops! Você precisa estar logado para postar comentários.
(Quote)
- 18/12/2019 14:35

Tem algum plano de side para UR Skred e pra Mirror?

(Quote)
- 09/12/2019 15:47

minha lista é essa, acho que atualmente só o sideboard muda uma carta ou outra.

https://www.ligamagic.com.br/?view=dks/deck&id=1457128

é uma lista própia e costuma me trazer boas vitórias!


(Quote)
- 09/12/2019 12:45

Tem sim! No meu canal tem diversos vídeos meus jogando com o deck.

Youtube.com/StompyMtgBlog

(Quote)
- 09/12/2019 08:29
Tem algum game play ou um dech tech pra quem está entrando no formato meio que ver como seria a linha de jogo?
(Quote)
- 08/12/2019 16:35
Desde a "Blue Monday" vinha me perguntando se os Delver decks teriam morrido..
Fico feliz em estar errado...
Agora uma pergunta... Essa nova lista UB segue um padrão mais Control ou mais Tempo?
Obrigado!
Últimos artigos de Ricardo Mattana
O melhor de Theros Além da Morte para o Pauper
Cartas que podem agregar ao formato que mais cresce no Brasil.
17.256 views
O melhor de Theros Além da Morte para o Pauper
Cartas que podem agregar ao formato que mais cresce no Brasil.
17.256 views
23/01/2020 18:05 — Por Ricardo Mattana
O que esperar do Pauper em 2020
Ricardo traça os caminhos do Pauper para 2020
7.666 views
O que esperar do Pauper em 2020
Ricardo traça os caminhos do Pauper para 2020
7.666 views
09/01/2020 10:05 — Por Ricardo Mattana
Izzet Skred
Conheça a nova versão de Izzet Skred no Pauper e todo o potencial que Sanctuary Mystic oferece ao deck.
6.309 views
Izzet Skred
Conheça a nova versão de Izzet Skred no Pauper e todo o potencial que Sanctuary Mystic oferece ao deck.
6.309 views
17/12/2019 18:05 — Por Ricardo Mattana
7 dicas para o Nacional Pauper
Aproveite dicas importantes para você fazer bonito no Nacional deste ano.
7.336 views
7 dicas para o Nacional Pauper
Aproveite dicas importantes para você fazer bonito no Nacional deste ano.
7.336 views
21/11/2019 10:05 — Por Ricardo Mattana
Exumando o Dimir no Pauper
Entenda tudo sobre o UB Exhume no Pauper, uma das apostas para o novo metagame do formato.
12.285 views
Exumando o Dimir no Pauper
Entenda tudo sobre o UB Exhume no Pauper, uma das apostas para o novo metagame do formato.
12.285 views
07/11/2019 18:05 — Por Ricardo Mattana