Hora do Pauper – Boros Bully
Vamos verificar como a versão mais agressiva da Guilda Boros está no atual metagame
14/12/2019 10:05 - 10.034 visualizações - 3 comentários

E aí galera, tudo bem? Aqui quem vos escreve é o Heli e hoje venho trazer mais um decktech aqui na Ligamagic e o deck escolhido de hoje é o Boros Aggro. Em tempo, gostaria de me retratar por uma informação incorreta que passei no meu último artigo, onde comentei que o Pauper foi oficializado no MTGO em 2011 quando o correto foi no ano de 2008. Bom, estou escrevendo esse artigo alguns dias antes do Nacional Pauper e quando ele for publicado o campeonato já terá ocorrido, mas acredito ser um deck que se renovou e voltou a ter resultados consistentes no metagame atual. Nosso amigo Alexandre Weber é o atual tri campeão Nacional de Pauper e pilotou o deck ano passado, porém o deck sofreu após a ascensão do UB Delver e não conseguiu espaço durante a temporada de inverno.


O Boros Aggro ou Boros Bully como é mais comumente conhecido, procura ser uma versão mais agressiva do Boros Monarca, criando oportunidades para definir jogos de uma maneira mais rápida. A versão Monarca é um midrange com mais aspectos de control, removendo grandes criaturas, protegendo suas próprias e atacando com evasão. Não que a versão Aggro seja all-in, mas ela procura criar janelas onde suas criaturas possam agredir o oponente, não somente com evasão, mas também com quantidade, já que Falcão do Esquadrão e Guinchado de Guerra enchem o campo rápido, causando uma grande dificuldade para o bloqueio.


Quero mostrar para vocês três listas, que irá também nos ajudar a entender algumas mudanças no deck desde o ano passado. As duas primeiras são do Alexandre Weber, sendo que a primeira foi a lista que ele ganhou o Nacional 2018 e a segunda ele utilizou para fazer 5-1 no Challenge do dia 24/11/19; a terceira também é recente, tendo feito 5-0 em uma liga Pauper no MTGO pilotada pelo jupiterbrando.


Campeão Nacional Pauper 2018 - by Alexandre Weber
6865 visualizações
29/11/2019
R$ 138,59
R$ 310,97
R$ 1.103,23
6865 visualizações
29/11/2019
Visualização:
Padrão
Cor
Custo
Raridade
Visual
CMC
Comprar Deck
Criaturas (17)
3  Gato Sagrado 0,24
4  Inspetor de Thraben 1,75
3  Buscador do Caminho  0,21
4  Falcão do Esquadrão  0,24
3  Palace Sentinels  3,00
Mágicas (20)
2  Golpe Ardente 0,76
4  Pilhagem Infiel 1,23
2  Raio 7,95
2  Raio de Fogo 0,13
4  Cordões Prismáticos  4,50
2  Reunir os Camponeses  0,13
4  Guinchado de Guerra   1,43
Encantamentos (2)
2  Jornada a Lugar Nenhum  4,75
Terrenos (21)
4  Guarnição Boros0,43
6  Montanha0,00
4  Penhasco Marcado pelo Vento0,09
7  Planície0,00
60 cards total

Sideboard (15)
1  Pântano de Bojuka7,74
2  Eletrotruque 0,63
4  Explosão de Chamas 9,48
3  Xamã dos Gorilas 2,99
2  Campo Fibroluminal  0,46
1  Dor Fulgurante  2,49
2  Sem vestígios  1,41


Boros Aggro - Challenge 24/11/19 by Weber
6771 visualizações
29/11/2019
R$ 161,60
R$ 356,75
R$ 1.515,97
6771 visualizações
29/11/2019
Visualização:
Padrão
Cor
Custo
Raridade
Visual
CMC
Comprar Deck
Criaturas (16)
4  Inspetor de Thraben 1,75
4  Buscador do Caminho  0,21
4  Falcão do Esquadrão  0,24
1  Guardião do Pacto das Guildas  2,95
3  Palace Sentinels  3,00
Mágicas (19)
1  Eletrotruque 0,63
4  Pilhagem Infiel 1,23
4  Raio 7,95
1  Reunião Catártica  0,15
3  Cordões Prismáticos  4,50
2  Reunir os Camponeses  0,13
4  Guinchado de Guerra   1,43
Encantamentos (4)
3  Jornada a Lugar Nenhum  4,75
1  Anel do Esquecimento  0,26
Terrenos (21)
1  Desolação Fumegante4,46
2  Estepe Remota0,10
4  Guarnição Boros0,43
4  Montanha0,00
4  Penhasco Marcado pelo Vento0,09
5  Planície0,00
1  Planície da Neve1,55
60 cards total

Sideboard (15)
1  Eletrotruque 0,63
3  Explosão de Chamas 9,48
2  Relíquia de Progenitus 11,70
1  Campo Fibroluminal  0,46
1  Dor Fulgurante  2,49
2  Missionário Solitário  0,25
1  Sem vestígios  1,41
1  Travessuras  0,19
1  Purificadores Kor  0,15
1  Ruptura de Aura  0,45
1  Guardião do Pacto das Guildas  2,95


Boros Aggro - League 27/11/19 by jupiterbrando
6808 visualizações
29/11/2019
R$ 156,62
R$ 405,84
R$ 3.406,03
6808 visualizações
29/11/2019
Visualização:
Padrão
Cor
Custo
Raridade
Visual
CMC
Comprar Deck
Criaturas (16)
4  Inspetor de Thraben 1,75
4  Buscador do Caminho  0,21
4  Falcão do Esquadrão  0,24
1  Guardião do Pacto das Guildas  2,95
3  Palace Sentinels  3,00
Mágicas (21)
4  Pilhagem Infiel 1,23
4  Raio 7,95
2  Raio de Fogo 0,13
1  Reunião Catártica  0,15
4  Cordões Prismáticos  4,50
2  Reunir os Camponeses  0,13
4  Guinchado de Guerra   1,43
Encantamentos (2)
2  Jornada a Lugar Nenhum  4,75
Terrenos (21)
2  Desolação Fumegante4,46
4  Guarnição Boros0,43
4  Montanha da Neve1,75
4  Penhasco Marcado pelo Vento0,09
7  Planície da Neve1,55
60 cards total

Sideboard (15)
2  Eletrotruque 0,63
4  Explosão Elemental do Vermelho 1,99
4  Golpe Ardente 0,76
2  Relíquia de Progenitus 11,70
3  Missionário Solitário  0,25


Base de mana: nas três listas vemos uma grande preocupação em ter terrenos desvirados das duas cores em turnos iniciais, mantendo quase metade dos slots para terrenos básicos. Interessante notar que poucos terrenos úteis são utilizados, sendo que normalmente aqueles que se ciclam são as opções, pois o deck precisa fazer mágicas todos os turnos, não podendo abdicar de sua velocidade com muitos terrenos que entrem virados em turnos seguidos.


Criaturas: a lista de criaturas mudou pouco de um ano pra cá, sendo que o Gato Sagrado é uma das que perderam espaço, sendo que as outras tiveram suas quantidades modificadas. O Gato é muito útil em um metagame agressivo, como o que observamos no Nacional de 2018, sendo que atualmente o Buscador do Caminho cumpre essa função, porém de uma forma mais sinérgica com o restante do deck. O Inspetor de Thraben continua sendo útil por sua recursividade, Falcao do Esquadrao é um dos motores desse deck, possibilitando criar um board muito favorável e o Palace Sentinels fornece o card advantage necessário no mid pro late game, pois o deck povoa o campo com muitas criaturas, sendo difícil sofrer dano de combate em boa parte do jogo. Nas duas listas atuais que apresentei, o destaque fica pelo Guardiao do Pacto das Guildas, que consegue ser eficiente tanto para o ataque quanto para a defesa, sendo difícil de ser removido, ainda mais com a diminuição de efeitos de sacrifício no formato.


Looting e Flashback: pra quem não conhece, Looting é termo que significa a ação de comprar e descartar uma carta, sendo muito úitl para buscar recursos, trocando por cartas desnecessárias no momento, como terrenos em excesso. Pilhagem Infiel é a melhor carta que gera essa ação no deck, sendo absurdamente sinérgica com o restante das mágicas. Flashback é uma habilidade muito útil no Pauper e que tem uma sinergia enorme com a ação de looting, já que você pode jogar para o cemitério cartas que podem ser utilizadas em algum momento futuro. Claro que estamos perdendo uma parte do potencial das cartas, mas entendam que trocar um recurso por outro em um momento específico pode mudar o jogo. Guinchado de Guerra e Cordoes Prismaticos são os melhores exemplos disso, pois além de ser possível utilizá-los do cemitério, seu custo de Flashback é praticamente de graça (não tem custo de mana), não impactando no uso. O Guinchado de Guerra é umas das ótimas cartas para criar uma board agressiva, além da evasão; já Cordões Prismáticos é uma das melhores cartas do deck, sendo que consegue proteger suas criaturas de remoções pontuais e globais, melhora muito o combate a seu favor, além de te proteger contra burns. Raio de Fogo também tem sido uma carta utilizada por ser um removal barato e uma outra forma de causa dano ao oponente. Nas listas do ano passado víamos muito o uso de Golpe Ardente para poder lidar com criaturas com resistência quatro, sendo que atualmente uma resposta de forma instantânea como Raio tem sido mais eficiente. Para encerrar esse grupo, temos que falar de Reunir os Camponeses que é a principal win condition devido ao número de criaturas atacantes que o deck pode dispor, além de criar uma dificuldade considerável em combate, colocando um peso maior na escolha dos bloqueadores. Nas listas recentes, também podemos ver o uso de Reuniao Catartica, como forma acelerar o deck, potencializando o início de jogo, descartando cartas mais lentas.


Remoções: Além dos burns já citados como Raio e Raio de Fogo, Jornada a Lugar Nenhum é a melhor opção que o deck dispõe, resolvendo grandes ameaças de forma quase definitiva. Outra carta que tem ganhado espaço é o Anel do Esquecimento, pois além de ser uma remoção, lida com outros tipos de permanentes que pode complicar muito o jogo do deck, principalmente com recursão como Tron, Tortured ou BW Pestilência.


Outras opções para o main deck: por ser um deck que procura ter agressividade, não podemos alterar muitas cartas, para não correr o risco de transformá-lo num Boros Monarca piorado. Pensando nisso, vou listar algumas opções que podem ajudar o deck, mas sem desconfigurá-lo:


Eletrotruque: uma remoção muito versátil que pode te ajudar em mirrors ou em partidas contra deck como Elfos, que crescem a board de uma forma mais rápida que você;
Selo do Fogo : essa é uma carta muito útil, pois além de ajudar a remover criaturas sem que sua mágica seja anulada (caso ela esteja em campo, claro) você pode salvar suas criaturas de tomar uma Degeneração Reverberante, dando alvo na sua própria criatura;
Gato Sagrado: não podemos esquecer do gato que, além de ter sinergia com looting, pode salvar contra decks agressivos. Acabou sendo sacado das listas, mas ainda tem um possível espaço a ocupar.


SIDEBOARD


Explosao de Chamas / Explosao Elemental do Vermelho: basicamente a única anulação disponível nessa combinação cores, porém é indispensável para ter resposta contra os decks de controle com azul do formato. O deck procurar sempre uma janela para vencer, então as anulações do seu oponente podem te fazer gastar recursos em momentos desnecessários.


Hates: Sem vestigios e Ruptura de Aura  são as melhores opções para lidar com encantamentos, principalmente por conseguir resolver mais que um, fazendo o famoso dois pra um; Travessuras é a carta ideal para lidar com artefatos, porque a habilidade de Dredge consiste em jogar cartas para cemitério e o deck possui várias formas de tirar vantagem disso; Reliquia de Progenitus é a opção usada para lidar com cemitérios, mas tem o drawback de exilar o seu também, o que necessita de uma análise precisa do momento para quebrá-la.


Outras mágicas: nas listas que eu apresentei temos mais cópias de remoções que já vemos no main deck como Jornada a Lugar Nenhum, mas Redemoinho de Areia é uma bela opção para lidar com criaturas maiores de uma vez só.


O Boros Aggro tem se mostrado uma ótima opção em um metagame tão diverso como esse atual, principalmente por conseguir resistir a pressão imposta por deck mais agressivos que ele, como Stompy e Auras, além de conseguir impôr pressão em deck mais lentos como UR Skred ou muito control como o Tron. É um deck que mostra uma grande versatilidade, se valendo do looting para cavar respostas ou acelerar ameaças, criando um cenário favorável a seu estilo de jogo.

 

Bom galera, vou ficando por aqui e espero que tenham gostado da análise. Um abraço a todos e até mais!

Heli Mateus ( helimateus)
Heli Mateus conheceu o Magic em 1998, mas começou a jogar em 2015 quando conheceu o
formato Pauper. Hoje é entusiasta do formato e produtor de conteúdo, principalmente como
podcaster sendo host do PauperView e cohost do RakdosCast.
Redes Sociais: Facebook, Instagram, Twitter
Comentários
Ops! Você precisa estar logado para postar comentários.
(Quote)
- 04/03/2020 13:49

é um match muito merda mesmo =/

odeio pegar tron

(Quote)
- 14/12/2019 23:26
Top esse deck eu gosto muito do boros aggros são agressivos

(Quote)
- 14/12/2019 21:30
Concordo que o deck é bom contra outros arquétipos mas ele sofre do mesmo mal do Boros Monarca contra TRON. É especialmente complicado enfrentar este deck principalmente pelos fogs - se formos analisar friamente a propria partida do Boros monarca tradicional ainda consegue ser melhor do que a do Boros Bully ja que para todos os efeitos você ainda pode acumular dano na mão e despejar na cabeça do sujeito (e rezar para ele não sacar um weather the storm.
Últimos artigos de Heli Mateus
Hora do Pauper - O Pauper consegue se autorregular?
Entendendo como o formato está se estabilizando após a predominância do Tron.
3.911 views
Hora do Pauper - O Pauper consegue se autorregular?
Entendendo como o formato está se estabilizando após a predominância do Tron.
3.911 views
Há 5 dias — Por Heli Mateus
Hora do Pauper – GW Auras
Após receber adições de Theros, o Auras se adapta para sobreviver no atual metagame
11.016 views
Hora do Pauper – GW Auras
Após receber adições de Theros, o Auras se adapta para sobreviver no atual metagame
11.016 views
Há 26 dias — Por Heli Mateus
Hora do Pauper – Mono Blue
É possível suprir a falta de Gush? Veja como esse clássico do formato volta à ativa.
11.299 views
Hora do Pauper – Mono Blue
É possível suprir a falta de Gush? Veja como esse clássico do formato volta à ativa.
11.299 views
20/02/2020 10:01 — Por Heli Mateus
Hora do Pauper – Downgrade de terrenos
Analisando uma pesquisa feita com a comunidade sobre downgrade de terrenos para o Pauper
6.540 views
Hora do Pauper – Downgrade de terrenos
Analisando uma pesquisa feita com a comunidade sobre downgrade de terrenos para o Pauper
6.540 views
20/01/2020 18:05 — Por Heli Mateus