Iniciando no cEDH com um Mono Blue
No artigo de hoje iremos fazer uma sugestão de deck para quem quer começar no formato com um deck mono colorido,
06/02/2020 18:05 - 8.369 visualizações - 11 comentários

Fala pessoal! Tudo certo?


Depois de vários artigos citando decks do meta cEDH, arquétipos conhecidos e interações famosas, chegou a hora de conhecermos alguns decks que tem menos
destaque nesse cenário, mas que são ótimas opções para quem pretende começar de forma eficiente e gastando menos.


Dentro de toda a pool oferecida por esse formato tão lindo que conhecemos, temos uma quantidade muito grande de ótimos comandantes e cartas que podem ser usadas para buildar um bom deck, mas é de extrema importância lembrar que quando falamos sobre cEDH estamos lidando com um mindset diferente do habitual, filtrando opções com base em seu desempenho unido à consistência, e por isso o deck de hoje é um ótimo exemplo de deck barato que pode ser uma excelente porta de entrada para quem almeja o competitivo. Estamos falando de Azami, Dama dos Pergaminhos.


 

Como podemos observar em nosso comandante da vez, estamos falando de um deck Mono Blue, o que nos dá uma possibilidade de build abaixo dos padrões de valores de outros decks do meta competitivo, mas não se engane, pois com ele podemos extrair grandes resultados, até mesmo em mesas onde o Power level se encontra mais elevado.


Então sem mais delongas, vamos a nossa lista!

 

Azami cEDH
Por D3AD
5637 visualizações
03/02/2020
R$ 4.116,11
R$ 5.720,34
R$ 12.130,04
5637 visualizações
03/02/2020
Visualização:
Padrão
Cor
Custo
Raridade
Visual
CMC
Comprar Deck
Comandante (1)
1  Azami, Dama dos Pergaminhos    0,99
Criaturas (11)
1  Caça-Maldição 1,40
1  Domador de Tempestades Sireno 4,75
1  Alquimista de Aphetto  4,50
1  Balista Ambulante  76,46
1  Baral, Chefe da Conformidade  15,75
1  Mago da Conjuração-relâmpago  152,00
1  Oráculo de Tassa  14,32
1  Prodígio dos Magos do Vácuo  9,90
1  Maga dos Tributos  0,75
1  Mago das Quinquilharias  0,49
1  Spellseeker  74,99
Mágicas (35)
1  Asfixiar 8,00
1  Canção do Cisne 13,50
1  Condescender  0,63
1  Corrente de Vapor 1,00
1  High Tide 97,02
1  Lapso Mental 4,00
1  Perfurar Mágica 0,20
1  Ponderar 6,30
1  Pongidizar 7,00
1  Preordenar 15,75
1  Sabotagem de Aço 0,10
1  Sonda Gitaxiana 2,00
1  Tempestade Cerebral 1,91
1  Tutor Místico 24,24
1  Adentrar o Turbilhão  0,09
1  Aprisionar  7,00
1  Atrasar  11,66
1  Bagunçar a Mistura  6,25
1  Contradição Arcana  1,61
1  Contramágica  0,48
1  Fenda Ciclônica  58,65
1  Fuga de Mana  0,41
1  Lapso de Memória  0,07
1  Mana Drain  260,00
1  Pasmar  2,50
1  Pergaminho dos Mercadores  12,69
1  Reversão Dramática  0,08
1  Fabricar  10,75
1  Força da Negação   168,10
1  Soçobrar   2,21
1  Sorte Inesperada  4,80
1  Fato ou Ficção  0,51
1  Frustrar   1,00
1  Zumbido da Invenção    11,67
1  Força de Vontade   270,00
Artefatos (17)
1  Cripta de Mana 589,75
1  Mox de Cromo 114,75
1  Mox de Opala 159,90
1  Pétala de Lótus 19,99
1  Anel Solar 9,11
1  Cofre de Mana 112,41
1  Mapa da Expedição 17,90
1  Tampo de Adivinhação do Sensei 79,90
1  A Pedra Fellwar 5,09
1  Cetro Isócrono 25,00
1  Lente Prismática 0,25
1  Monolito Sinistro 469,99
1  Ornato de Safira 60,00
1  Pedra da Mente 0,50
1  Sinete Arcano 24,74
1  Thought Vessel 20,61
1  Basalt Monolith 9,70
Encantamentos (3)
1  Rêmora Mística 24,97
1  Estudo Rístico  97,49
1  Retorno ao Básico  34,20
Terrenos (33)
1  Assento do Sínodo1,34
1  Caverna das Almas199,49
1  Delta Poluído72,00
1  Feira dos Inventores12,50
1  Floresta Tropical Nebulosa199,90
24  Ilha0,00
1  Lago Alpino Fervente188,00
1  Minamo, Escola à Beira d'Água58,46
1  Praia Inundada49,73
1  Tumba Antiga89,96
100 cards total


Visão Geral


Como podemos observar, temos tudo o que se espera de um deck monoblue, abusando de Cantrips e counters, que nos permitirão avançar o jogo com segurança
ao mesmo tempo que também temos a opção de tomar uma postura mais defensiva. Essa possibilidade somada ao efeito da nossa comandante pode tornar o jogo cada vez mais favorável se bem pilotado, já que temos acesso a draw constante burlando o enjôo de invocação de nossas criaturas.


O maior contraponto de jogar com a Azami, sem duvida é seu custo de mana, que em algumas situações exige uma entrada tardia à mesa, prejudicando um avanço no early game, o que nos da uma enorme desvantagem contra decks do atual metagame. Mas apesar desses pontos ruins, temos uma capacidade responsiva muito alta, já que nossas criaturas nos fornecem draws que podem ajudar a responder investidas de nossos oponentes sem perder o numero de cartas da mão, provando a importância do card advantage em cenários mais otimizados.

 

Criaturas


É muito raro dentro do ambiente do commander competitivo decks que utilizem de mecânicas tribais, já que elas limitam muito as estratégias, porém nesse caso as criaturas escolhidas não estão na lista simplesmente por serem magos, mas sim por serem cartas uteis com ou sem a presença da nossa comandante, nos permitindo ter um jogo limpo e com a menor quantidade possível de Dead Draws.


Alguns exemplos são criaturas que servem como counters, e não precisam virar para a utilização de seu efeito, permitindo que sejam viradas para comprar cartas, aumentando assim o aproveitamento do deck como um todo.


 

Win Conditions


Assim como todo deck cEDH, precisamos estudar e criar win conditions que sejam sinérgicas e resilientes, e para isso devemos levar em consideração a escolha das cores, do comandante e das estratégias que iremos conduzir.


No caso dessa nossa lista, preferi por optar por um combo simples e já muito conhecido chamado IsoRev, que se trata da interação entre Reversao Dramatica e Cetro Isocrono para a geração de mana infinita.


Mas como nem só de mana vive o homem, essa interação combinada ao efeito da nossa querida Azami nos proporciona draws na quantidade de nossa escolha, já que todas as criaturas irão ser desviradas na resolução da Reversão, e poderão ser viradas pelo efeito da comandante.


 

Mas então, agora que sabemos disso, precisamos de formas de finalizar o jogo com toda essa mana e draws, certo!?


Para isso iremos utilizar em nossa lista a já familiarizada Oraculo de Tassa, que chegou como um ótimo reforço para inúmeros decks, e brilhando também nesse, já que diante de um deck sem cartas, sua entrada nos garante a vitória.


E para o caso de um plano B, temos também a presença da Balista Ambulante, já que serve como win condition incolor, nos permitindo conjura-la com milhares de marcadores caso nossa Azami não esteja presente.


Ela também pode ser facilmente buscada com o auxilio de tutores de artefatos presentes no deck.



Uma opção para quem quer substituir essa interação por cartas mais baratas, é utilizar nosso velho amigo Maniaco do Laboratorio, que fica ainda mais poderoso nesse deck, já que podemos vira-lo assim que entrar em jogo, forçando um Draw para garantir a nossa vitória. Lembrando que isso pode ser usado em resposta a uma possível remoção.

 

E como plano B mais barato, para o caso de que nossos finishers anteriores tenham sofrido algum tipo de remoção, podemos optar por Zenite do Sol Azul, que com mana infinita nos permite almejar um oponente para comprar 200 cartas, e refazer o processo com os demais, já que o Zenite volta para o deck assim que for resolvido. Com a interação do cetro podemos desvirar um de nossos magos e recompra-lo para usar novamente até que o jogo acabe.


Também presente no deck como uma forma de utilizar essas manas, não podemos dizer que seja um finisher, mas que muitas vezes pode quase ganhar o jogo, temos Socobrar, que pode ser reaproveitada inúmeras vezes graças a seu custo de buyback.


 

Como uma linha diferente de combo para esse deck não podemos deixar de citar que nossa querida Azami possui uma One Card Combo, que nos permite uma vitória rápida, mesmo que alguns jogadores prefiram a manter fora das listas pelo seu custo de mana.


Estamos falando de Mente sobre Materia .



Como já foi dito acima, Mente sobre Matéria é uma carta que apesar de não ser de agrado geral, pode ser uma ótima win condition, ainda mais se considerarmos que o intuito desse deck é uma lista para jogadores que querem ingressar no commander competitivo com um investimento não tão alto.


Seu combo funciona utilizando o efeito de virar para comprar uma carta com a nossa comandante, depois descartar uma carta para desvira-la, repetindo o processo até que o deck todo tenha sido comprado. Com apenas duas manas sobrando, podemos conjurar e finalizar o jogo com a Oraculo de Tassa, ou até mesmo com nosso Maniaco do Laboratorio, por isso esse combo merece seu lugar ao sol.

 

Jogando de forma defensiva

 

Assim como todo deck do competitivo, nesse também precisamos saber a hora certa de avançar de forma efetiva, e também recuar para não entregarmos o jogo de mãos abanando, e nada mais justo que saber de tudo isso quando se pilota um deck MonoBlue.


Nos nossos primeiros artigos, quando explicávamos o que era o cEDH,sempre deixamos claro a idéia de que o mindset do jogador é o ponto crucial que separa um jogador competitivo de um jogador casual, e isso fica mais claro na presença desses decks onde devemos saber tomar decisões importantes.


Para esse tipo de situação nos selecionamos um pacote de cartas que podem ser grandes aliados na hora de dar aquela respirada, como por exemplo – Retorno ao Basico, Estudo Ristico e Remora Mistica.



Todos nós já conhecemos essas cartas, mas é justo dar uma atenção a mais para Back to Basics  devido ao ambiente do meta atualmente.


Com o lançamento da Oraculo de Tassa muitos decks optaram por mergulhar de vez no Flash Hulk, utilizando inúmeras pilhas para chegar ao mesmo resultado.


Essas pilhas muitas vezes tem a presença do Druida Eremita, que limita a construção da base de mana para não ter terrenos básicos, assim como a já conhecida Pacto maculado que está presente na grande maioria dos decks atuais e exige o mesmo. Nesses casos Retorno ao Básico se torna uma arma poderosíssima.
 


 

Sugestões de substituição

 

Continuando na idéia de que essa é uma sugestão de lista para quem está procurando decks para iniciar no cEDH, temos algumas cartas que podem ser temporariamente substituídas até que possam ser repostas.


No caso das Fetch lands por exemplo, podemos substituir por terrenos básicos, já que o deck é Mono Blue e não exige a presença delas em um Field que ainda está se desenvolvendo, economizando uma quantidade enorme no valor.

 


 

Na questão das Win Conditions já falamos sobre opções mais baratas, mas aconselho muito que se você ainda não possui a Oraculo, que a compre enquanto ainda está barata, pois ela é uma das novas staples do cEDH e com certeza vai ser utilizada em decks posteriores caso voce queira migrar.


Já no caso da Balista Ambulante minha sugestão é optar pelo Zenite do Sol Azul, que também é uma linha de vitória e pode funcionar bem se seu playgroup estiver em desenvolvimento.


 

Outra carta que me foi questionada recentemente para uma opção mais Budget foi Estudo Ristico, que teve um crescimento considerável em seu valor nos últimos meses, e obbviamente que sua opção mais viável também está presente na lista, sendo a Remora Mistica. Mas uma sugestão para quem não tem essas cartas pode ser o novo Hipocampo da Arrebentacao .


Ok. Confesso que ele não tem nada a ver com as duas citadas acima e é extremamente frágil por ter tanto o tipo Criatura quanto Encantamento. Mas também devemos levar em conta que estamos jogando com um deck que possui uma alta capacidade responsiva e gira em torno de Card Advantage, e a habilidade de nos garantir draws extras em cada um dos turnos em que ele está presente pode ser no mínimo relevante.


Mas mesmo assim, posteriormente adquirir um Estudo Ristico é uma enorme aquisição, já que assim como a oráculo, vai ser uma carta que pode ser usada em inúmeras outras pools caso queira migrar.

 


 

No caso das pedras de mana presentes no deck é difícil dizer como podem ser substituídas, já que as pedras positivas são caras no geral.


O que eu mais aconselho é que se voce não tem essas pedras, opte por outras mais baratas à sua escolha, mas seja sensato na hora de coloca-las no deck.


Sempre dê preferência para CMC dois ou menor, e por pedras que entram em jogo de pé.


Atualmente temos algumas opções para isso: Pedra da Mente, Thought VesselArcane Signet, mas sempre se lembre que o deck perde um certo potencial sem Rocks positivas.


 

Considerações Finais

 

Se voce leu até aqui e pretende começar no commander competitivo, sempre se lembre que nossas dicas não são vias de regra, mas podem ajudar muito para quem quer ter um norte.


Outra dica importante é que você comece se adaptando ao seu meta local, que vai definir o seu comportamento na mesa e também a escolha de algumas cartas, como por exemplo Jaula do Escavador de Tumulos se você enfrenta Dredges com uma certa freqüência.


Saiba também a improvisar de forma sensata substituindo cartas que você não pode ter por outras mais baratas, mas sempre tenha um limite nessas escolhas para que voce não perca eficiência.


Se seu playgroup possui decks que ainda estão se desenvolvendo e não seguem um padrão competitivo, como Aggros, opte por algumas soluções para que voce não sofra muito contra eles, como por exemplo uma Fenda Ciclonica. Ou para substituí-la voce pode até considerar como budget cartas como Evacuacao.


O importante é não se distanciar muito da idéia de extrair o Maximo de eficiência sem perder a consistência do deck.

 

Por hoje é só pessoal, e se você leu até aqui e tem ou teve alguma experiência com esse deck ou pretende ter, ou tem alguma duvida ou critica, deixe nos comentários! Não conhece cEDH e se interessou pelo assunto? Você será muito bem vindo no nosso grupo do facebook cEDH Brasil, onde discutimos commander competitivo, tiramos duvida e ajudamos a comunidade a crescer.


Espero que tenham gostado dessas sugestões, e até a próxima !

 

Por Jefferson Barbosa

Jefferson C Faria Barbosa ( D3AD)
Jefferson é entusiasta do formato cEdh
Redes Sociais: Facebook
Comentários
Ops! Você precisa estar logado para postar comentários.
(Quote)
- 21/02/2020 13:53
Vou montar! Valeu pela dica!
(Quote)
- 11/02/2020 12:20

Errado ele não ta

(Quote)
- 09/02/2020 16:54

Se tu tiver ideia de seguir escrevendo sobre CMD, aconselho a por no final do artigo a lista budget, como uma galera faz...
No mais, bem legal a ideia do deck, embora eu prefiro os multicoloridos

(Quote)
- 09/02/2020 02:15

Opa, tudo certo?
Sei que a lista está realmente com o valor elevado mesmo pra quem está se iniciando, porém gostaria também de dizer que se você leu o conteúdo do artigo, tratamos justamente dessa questão, deixando opçoes budgets para substituições.
Um abraço!

(Quote)
- 08/02/2020 21:45

O típico comentário de um fraco rsrs

Últimos artigos de Jefferson C Faria Barbosa
Hulk sem Flash? Parte 1 - BG
No artigo de hoje falaremos um pouco mais sobre decks BG que utilizam da mecânica do Protean Hulk!
5.386 views
Hulk sem Flash? Parte 1 - BG
No artigo de hoje falaremos um pouco mais sobre decks BG que utilizam da mecânica do Protean Hulk!
5.386 views
Há 12 dias — Por Jefferson C Faria Barbosa
Blue Shell & cEDH
No artigo de hoje falaremos brevemente sobre o efeito Blue Shell no commander!
5.179 views
Blue Shell & cEDH
No artigo de hoje falaremos brevemente sobre o efeito Blue Shell no commander!
5.179 views
Há 26 dias — Por Jefferson C Faria Barbosa
5 Dicas para iniciar bem no cEDH
Nesse artigo iremos deixar algumas dicas para quem quer entender sobre cEDH, e entrar com o pé direito nesse formato!
7.161 views
5 Dicas para iniciar bem no cEDH
Nesse artigo iremos deixar algumas dicas para quem quer entender sobre cEDH, e entrar com o pé direito nesse formato!
7.161 views
21/02/2020 10:05 — Por Jefferson C Faria Barbosa
Melhores cartas de THB para cEDH
No artigo de hoje faremos uma análise sobre as melhores cartas de Theros Além da Morte para o Commander competitivo!
6.765 views
Melhores cartas de THB para cEDH
No artigo de hoje faremos uma análise sobre as melhores cartas de Theros Além da Morte para o Commander competitivo!
6.765 views
22/01/2020 18:05 — Por Jefferson C Faria Barbosa
Tassa’s Oracle & Banlist cEDH
No artigo de hoje iremos entender a influência do Oráculo de Tassa na banlist que está por vir
15.694 views
Tassa’s Oracle & Banlist cEDH
No artigo de hoje iremos entender a influência do Oráculo de Tassa na banlist que está por vir
15.694 views
18/01/2020 10:05 — Por Jefferson C Faria Barbosa