Load or Cast
Hora do Pauper: Destaques de Double Masters ou seria Pauper Masters?!
Enfim temos uma coleção Master que pode trazer um grande impacto ao metagame do formato.
07/08/2020 10:05 - 9.532 visualizações - 25 comentários
Load or Cast

E aí galera, tudo bem? Aqui quem vos escreve é o Heli e hoje venho apresentar vários destaques da nova edição Double Masters para o formato Pauper. A edição será lançada oficialmente no dia 07/08, porém já é possível conhecer seu limitado no MTGO, jogando draft e selado. Ela traz 332 reprint, sendo uma boa fonte de cartas com acesso reduzido para formato não rotativos, mas para o Pauper é nas edições masters que residem as maiores esperanças, seja reprint ou downgrade e dessa vez fomos premiados com ambos! Double Masters vem como a edição com maior impacto para o formato, talvez sendo a maior mudança que o metagame já viu, considerando a quantidade expressiva de downgrade que temos. 

 

Em jan/19 o Professor do Tolarian Community College fez uma entrevista com o Gavin Verhey (que pode ser vista aqui) comentando muitas coisas que começam a fazer muito mais sentido agora, como coleções sendo concebidas com o formato em mente ou ter um equipe testando o formato com possíveis downgrade, o que me mostra que temos um ciclo, que segue o tempo entre concepção e execução de novos produtos, sendo algo próximo a dois anos. Nessa conversa, eles comentam que o formato começou a ter um aumento em sua cena em 2017, o que realmente vemos como realidade, pois houve uma explosão de novos jogadores, produção de conteúdo e campeonatos ao redor do mundo. Portanto, os produtos anteriores foram concebidos em momentos em que o formato ainda não havia tido a interação que merece e com isso não tiveram o impacto esperado,
algo que se mostra totalmente diferente em Double Masters.


Tivemos 25 cartas que tiveram sua raridade alterada para comum e mais 80 reprints, então vamos falar um pouco delas, lembrando que não estarei elegendo as melhores, portanto colocarei em ordem por cores.


Lamina Ancestral

 


Lançada como incomum em Trono de Eldraine, pode ser muito útil por ser um equipamento que já coloca uma criatura, semelhante a Casca do Esfolador. Mesmo não tendo um grande impacto em campo, proporciona um bom turno dois para decks de criaturas, principalmente por podermos equipar outra criatura, sem que a ficha morra. Não temos muitos equipamentos relevantes no formato, mas temos várias criaturas com essa sinergia e espero muito que isso seja explorado num futuro próximo, possibilitando o aparecimento de decks mais agressivos, monocoloridos e com estratégias diferentes.


Troca de Berco

 


Originalmente saiu em Lorwyn e teve reprint em Commander 2018, em ambas edições como incomum, essa remoção branca poderá ser bem útil no formato. O branco não é um primor quando se fala de remoção pontual, mas historicamente algumas delas exilam as criaturas do oponente e Pauper ainda não tinha muita opção, além da Jornada a Lugar Nenhum. Se mostra forte o suficiente para jogar em decks com base branca, já que seu custo só tem uma mana colorida e mesmo tendo o drawback de deixar uma ficha 1/1 para o oponente, já que boa parte dos jogos são decididos com criaturas, ela sozinha não seria uma ameaça. Algo a se observar é que ela tem a habilidade de Morfolóide, ou seja, possui todos os tipos de criaturas, mas ainda não temos uma sinergia para tipos de criaturas no branco para que isso seja relevante em algum deck. O fato de ser uma instantânea possibilita seu uso no Boros Monarca por exemplo, mas vejo ela
sendo mais útil em decks com menos remoções, como um UW que basicamente depende da Jornada.


Pega-ossos

 


Vinda como incomum em Amonkhet e com reprint em Jumpstart, essa criatura vem com potencial para ser uma das melhores criaturas do formato, sendo comparada com ao Investigador de Segredos. Pagar quatro manas por uma criatura 3/2 voar com toque mortífero parece muito, mas poder contar com essa redução de custo cria um cenário absurdo, até porque o Pauper é formato de atrito, onde existe muitas trocas no campo, então poder baixar uma ameaça como essa por apenas uma mana é extremamente impactante. Vejo ele sendo presença certa no MBC e com potencial para aparecer no UB Delver (principalmente por sua interação fantástica com Liquidar) e um possível BR Control.


Demover

 


Essa fantástica remoção foi lançada originalmente em Dominária e chega no Pauper com o possível status do formato. Tem possibilidade de remover quase tudo do formato (para ser exato, temos doze criaturas lendárias válidas, ou seja, apenas 0,27% do total) com um custo baixo, fácil por ser apenas uma mana preta e é uma mágica instantânea. Claro que pensamos nela incialmente no MBC, mas decks com o UB Delver, BW Pestilência e até mesmo o Tron podem contar com uma remoção praticamente incondicional.


Abrasao

 


Essa instantânea foi lançada originalmente em Hora da Devastação, figura em alguns decks e sides de vários formatos e agora aterrissa no Pauper. Além de causar três dano, o que mais me chama atenção nela é sua versatilidade, até porque temos várias mágicas que causam a mesma quantidade de dano e custam menos, porém essa opção de poder contar com uma carta de side no maindeck é pra mim sua melhor função. Cartas assim são muito valorizadas no Modern e Legacy e poder ter a nossa disposição algo assim me enche de esperança para termos um formato mais amplo e saudável, tendo uma quantidade maior de opções, compatíveis com a quantidades de boas cartas que temos e não são utilizadas. Mesmo que seja apenas uma cópia no maindeck, vejo ela sendo útil em decks como Boros Monarca, UR Skred e Jeskai.


Myr de Busca

 


Lançada originalmente como incomum em Mirrodin, vem como uma das cartas com maiores expectativas. Para quem não conhece, esse Myr fazia parte do KCI Modern, que foi banido por oferecer um tipo de jogo que a WotC não queria, ou seja, com turnos intermináveis e sem muitas respostas, mas não acredito que o mesmo aconteça no formato, entretanto quero muito que o deck seja possível. Altar de Ashnod pode ser uma peça chave nesse combo, mas temos várias cartas que possuem sinergia: Flamitecelao Temerario, Escultor de Etherium, Discipulo da Camara e o já esquecido Assistente de Oficina . Temos uma gama de opções interessantes, já que contamos com todos os terrenos artefatos e várias cartas com Afinidade por Artefatos ou com interação com esse tipo de carta.


Outros downgrades


Vou usar esse espaço para falar mais rapidamente das outras cartas que sofreram downgrade, mas não vejo impacto inicialmente no formato:


Mago Alabastro: falta agressividade e sua ativação tem um custo alto para o formato; Crusado de Odric: tem um potencial interessante, mas faz sua falta de evasão dificulta seu uso competitivamente;


Espirito do Santuario: custo um pouco alto, mas o fato de se proteger pode ser relevante. Restauração Argiviana: mais uma carta com sinergia direta com artefatos, que pode ser peça importante para combos;


Sapificar: uma remoção azul que pode ser útil, pois a maioria das criaturas relevantes do formato dependem de suas habilidades, mas por ser um encantamento pode diminuir seu impacto;


Infundidor Vedalkeano / Nodo do Surto: temos apenas doze artefatos que se importam com esse tipo de marcador, destaco sua interação com Fundição de Golem e Pentaprisma;


Pilhagem Impiedosa: temos descartes melhores no formato, mas ele pode aparecer em algum deck que tire vantagem da habilidade de Raide;

 

Furia Balduviana: não temos um deck vermelho que gere muitas manas vermelhas no formato, entretanto pode ser um belo finisher no deck correto;


Coletor de Pedagio de Kazuul: possui uma habilidade única no formato, mas temos poucos equipamentos relevantes disponíveis. Pode formar uma bela dupla com o Martelador Goblin;


Vandalo Orquico: uma boa habilidade e que acerta qualquer alvo, mas morre facilmente;


Dragao Edaz: não temos nenhum Big Red no Pauper, quem sabe esse dragão não pode mudar isso;


Tiro Certeiro: já temos algumas cartas do tipo, não vejo ela sendo muito útil no momento;


Naturalistas do Conclave: uma criatura que lida com artefatos e encantamentos quando entra no campo de batalha pode ser útil no futuro;


Calice do Fluxo Perene: não se enganem, pois acredito no potencial desse cálice num futuro próximo. Tem uma ótima função de ramp, que é um arquétipo que ainda faltam cartas para serem viáveis.


Manoplas de Couro de Goblin: transforma a criatura num Martelador Goblin, mas sem impacto na mesa;


Corcel da Liga de Ferro: sua vantagem é poder colocar dois corpos na mesa, porém ambos não são muito relevantes;


Lente de Aumento: tendo Bonder’s Ornament no formato, não vejo motivos para esse artefato ser tão útil, mas ele coloca artefatos em campo, gerando uma vantagem de cartas a longo prazo;


Asa-de-pele: similar a Casca do Esfolador, esse equipamento pode a ser bem útil, o que pode dificultar seu uso é seu custo para equipar.


Reprints


Vários reprints pouco relevantes vieram, mas Estrela Cromatica e os terrenos de Urza precisavam vir, pois já estavam em preços altos, entretanto o melhor reprint (e mais esperado também!) é o de Oubliette! Sim, esse encantamento de Arabian Nights que tanto era pedido, enfim poderá ser adquirido em preços mais acessíveis e justos em relação a um formato somente com cartas comuns. Ela vem com uma arte nova e com uma alteração em sua habilidade: agora a criatura sai de fase (phases out) quando o encantamento entra no campo e entra de fase (phases in) virada quando o encantamento deixa o campo de batalha. Mesma sendo uma mudança pequena, agora a criatura não é exilada, então é relevante, além de habilidade agora estar em apenas uma instância, impossibilitando algum truque quando a habilidade desencadeada entra na pilha.


Bom, Double Masters vem trazendo uma grande quantidade de cartas, que podem impactar positivamente o metagame do formato, sendo algo esperado há muito tempo. Eu estava discrente que veríamos alguma edição, mesmo que master, que pudesse trazer algum impacto, mas vemos que os ventos da mudança podem estar chegando. O formato merece atenção e acredito que a edição deva ser a primeira de várias, a trazer mais ação ao formato, que estava precisando de um tranco, depois de tantos banimentos e problemas com cartas “fortes demais”.


E você, concorda com minha avaliação? Acha que algumas cartas já tem um destino certo? Deixem suas opiniões nos comentários e vamos discutir mais sobre o formato! Vou ficando por aqui e espero que tenham gostado da análise. Um abraço a todos e até mais!

Heli Mateus ( helimateus)
Heli Mateus conheceu o Magic em 1998, mas começou a jogar em 2015 quando conheceu o
formato Pauper. Hoje é entusiasta do formato e produtor de conteúdo, principalmente como
podcaster sendo host do PauperView e cohost do RakdosCast.
Redes Sociais: Facebook, Instagram, Twitter
Comentários
Ops! Você precisa estar logado para postar comentários.
(Quote)
- 18/08/2020 19:20

opa! realmente, sendo uma carta versátil e que joga outros formatos, acho q merece a chance..será mto jogada. valeu

(Quote)
- 16/08/2020 19:13
Abrade vai jogar bastante, já vi vários boros, skred e até TRON rodando no main deck.
(Quote)
- 15/08/2020 18:14

fala Diego! não sei quanto ao uso do Abrade no Burn...Gorilla e Smash to Smithereens ainda me parecem mais úteis no deck, mas vale o teste! me conta depois! valeu

(Quote)
- 15/08/2020 18:12

opa, não tneho certeza disso. As cartas principais do deck ainda são coloridas, a menos que aparec=ça um colorless affinity, o que seria bem legal! valeu

(Quote)
- 15/08/2020 18:11

opa, sim ele já mudou! pode conferir no Gatherer. valeu

Últimos artigos de Heli Mateus
Hora do Pauper: Top 10 cartas de Renascer de Zendikar
Renascer de Zendikar figura como uma das melhores edições recentes para o Pauper.
7.000 views
Hora do Pauper: Top 10 cartas de Renascer de Zendikar
Renascer de Zendikar figura como uma das melhores edições recentes para o Pauper.
7.000 views
Há 6 dias — Por Heli Mateus
Hora do Pauper: Precisamos conversar sobre o TRON
Um dos pilares do formato continua subindo. Será que o Tron é imbatível?
6.439 views
Hora do Pauper: Precisamos conversar sobre o TRON
Um dos pilares do formato continua subindo. Será que o Tron é imbatível?
6.439 views
Há 20 dias — Por Heli Mateus
Hora do Pauper – UB Delver
O UB Delver volta a figurar no metagame, se adaptando para ser mais midrange.
6.624 views
Hora do Pauper – UB Delver
O UB Delver volta a figurar no metagame, se adaptando para ser mais midrange.
6.624 views
19/08/2020 10:05 — Por Heli Mateus
Hora do Pauper – Jumpstart
Mesmo sendo uma edição voltada para o limitado, Jumpstart pode oferecer opções ao metagame.
5.314 views
Hora do Pauper – Jumpstart
Mesmo sendo uma edição voltada para o limitado, Jumpstart pode oferecer opções ao metagame.
5.314 views
17/07/2020 10:05 — Por Heli Mateus
Hora do Pauper – Destaques de M21 para o Pauper
M21 pode adicionar algo ao Pauper? Sim! E eu ainda acho que é só o começo...
7.050 views
Hora do Pauper – Destaques de M21 para o Pauper
M21 pode adicionar algo ao Pauper? Sim! E eu ainda acho que é só o começo...
7.050 views
01/07/2020 10:05 — Por Heli Mateus