Load or Cast
Hora do Pauper - Destaques de Commander Legends
Vejamos o que Commander Legends pode adicionar ao formato, além de polêmicas?
19/11/2020 10:05 - 6.795 visualizações - 28 comentários
Load or Cast
E aí pessoal, tudo bem? Aqui quem vos escreve é o Heli hoje venho apresentar alguns destaques da nova edição Commander Legends para o formato Pauper. Desde seu anúncio, a edição prometia impactar o formato, principalmente por poder fazer downgrades sem impactar outros formatos como o Modern. E isso se cumpriu, já que recebemos 47 novas adições ao formato, sendo 26 downgrades (lista aqui) e 21 cartas novas (lista aqui). Como dito pelo Gavin Verhey, a coleção não foi concebida levando em consideração o formato, porém foi feita uma análise e seu impacto será acompanhado de perto. Para que o draft pudesse ser eficiente, respostas precisaram ser colocadas na raridade comum, principalmente pelo booster conter 20 cartas e o jogando escolher duas cartas por vez. Eu já previa um impacto no formato, mas acreditava que pudesse haver um desenvolvimento maior e não simplesmente um estudo posterior, considerando as cartas que devem ser banidas, portanto Commander Legends acaba não sendo o que esperava para o formato. Porém, temos que entender que o Pauper ainda é um formato novo e com uma comunidade relativamente pequena, mas bem engajada, que gostaria de um envolvimento maior da equipe de R&D para que o formato evolua sem a necessidade de banimentos para correção.
 
 
Mas vamos ao que interessa, as cartas. Para isso irei separar em dois grupos, deixando os downgrades separados das cartas novas. Vamos primeiro as menções honrosas depois aos destaques:
 
 
- Menções honrosas: 
 
 
Ciclo de diamantes: mesmo sendo um staple de commander, não vejo seu uso no formato atualmente. A combinação de entrar virada e só gerar mana de uma cor, não justifica seu uso nos decks que temos atualmente.

 
Municoes Improvisadas: o fato de ser um encantamento permite a construção de uma build diferente da ideia vinda do downgrade de Vandalo Orquico. Essa estratégia de sacrifício ainda não teve espaço no formato, mas espero que isso comece a ser diferente com as próximas coleções.+
 

 
Enxurrada de Recordacoes: recorrência é algo muito explorado no formato, por isso vejo que uma mágica que pode recuperar outra do cemitério pode ser algo válido, principalmente tendo tantas anulações fortes no formato.
 
 
- Downgrades:
 
 
Massacre dos Seca-olho: temos poucas remoções em massa no formato e a grande vantagem dessa é dar -2/-2 e não dano, considerando que temos algumas opções bem usadas para prevenção de dano. A comparação com Justica do Evincar é inegável, que acaba sendo mais interessante pela habilidade de Recuperar, entretanto o fato de não afetar as criaturas do tipo elfo acaba sendo seu diferencial. O deck de Elfos possibilita o uso de algumas cartas que não seja verdes, principalmente por usar o Patrulheiros Betulineos, facilitando as partidas contra deck que usem muitas criaturas ou que precisem delas para vencer.
 
 
Saqueador Saco-de-Carne: enfim temos no formato esse efeito vindo de uma criatura. Obviamente, decks que tenham sinergia com ETB podem ser devastadores ao de aproveitar dessa criatura, mas acredito que o deck de Existencia Torturada deve ser o maior beneficiado por esse zumbi, já que podemos ter um cenário onde removemos criaturas do oponente e ainda colocamos criaturas no cemitério. O MBC também pode tirar vantagem dele, principalmente nas versões que utilizem o Desenterrar.
 
Canhonada Ardente: chegamos na primeira polêmica e talvez a mais trágica. Durante muito tempo, jogadores pediam uma mágica que causasse dois de dano em todas as criaturas, algo como um Piroclasma. Porém a WotC foi mais radical e já trouxe uma mágica instantânea com esse efeito, provavelmente sendo a melhor remoção que o formato possui. Temos disponíveis apenas 33 criaturas do tipo pirata e apenas duas delas já jogaram efetivamente: Instigador Fanatico e Piratas Prosperos. Sendo assim, a Canhonada basicamente não tem drawback, atingindo em cheio decks agressivos de criaturas, sendo que o maior afetado é o Stompy, pois todas as suas criaturas tem no máximo dois de resistência. Eu vejo isso como um tremendo problema, pois o deck era um dos que bate de frente contra decks lentos, como UR Skred e Boros Monarca, além de algumas ser rápido o suficiente para vencer o Tron. Falando nele, o deck do trio de Urza pode muito bem utilizar essa mágica, o que se torna mais sufocante para os decks agressivos com base em criatura.

 
Campeao da Chama: a cor vermelha possui alguns encantamentos interessantes no formato, mas até então nenhuma criatura valia o preço a se pagar para usar a cor. Entretanto, esse guerreiro pode mudar essa base, possibilitando um monocolor ou talvez uma combinação com o branco ou verde, já que temos Armadura Eterea e Mascara Ancestral no formato.
 
 
Inspetor da Fundicao: os decks de artefato recebem mais uma peça interessante, aumentando a chance de que uma build do famoso Eggs seja possível no formato. Com o downgrade de Myr de Busca em Double Masters, o deck se torna uma realidade a ser explorada, já que uma estrutura pro combo já existe, considerando que já temos Escultor de Etherium, Discipulo da Camara e Fundicao de Golem no formato.
 
 
- Cartas novas:


 
Adepto da Silvolamina: esse elfo traz a habilidade de Bis, que para o formato funciona como Desenterrar, com a diferença que você coloca uma ficha sendo uma cópia da criatura em questão. Não vejo essa criatura sendo muito utilizada, mas acho muito interessante seu efeito, possibilitando remover ou impactar diretamente o combate somente ao declarar seu ataque.

 
Colosso do Maelstrom: mesmo que a habilidade de Cascata já esteja disponível no formato, nenhuma carta trazia muita vantagem em criar algo nesse sentido. Sua conjuração é fácil, devido a seu custo ser genérico, principalmente em decks que já geram muita mana, como no caso do Temur Tron. Essa versão de Tron usa mais pedras como a Estrela Cromatica e criaturas grandes como o Triturador de Ulamog e Grifino Miseravel, ou seja, você quer rampar para impactar a mesa. E ainda temos o Altissauro Irritado, que pode ser uma adição a essa estratégia. 
 
 
Guarda do Trono Inabalavel: agora você pode ser o Monarca jogando com qualquer cor, pois esse artefato veio para te ajudar nisso. Mesmo te permitindo o acesso a essa habilidade tão forte no formato, esse constructo é fraco em combate, portanto pode não ser tão efetivo contra decks que tenham remoção de artefato ou que sejam muito agressivos.

 
Bencao Benevolente: esse reprint funcional de Bencao de Cho-Manno é também uma melhoria, já que além do preço, temos um custo de mana menos específico. Sendo assim, ela é viável no Monowhite Heróico, mas também GW Auras ou até em futuras build com o vermelho (olá Campeao da Chama!).

 
Cair em Desgraca: já sabemos que a habilidade de Monarca é muito forte, correto? E que é a melhor ferramenta para combater os decks azuis, correto? Bom, eis que fomos agraciados com uma carta azul, que além de ser uma remoção ainda te transforma em Monarca! Provavelmente a carta nova mais polêmica que o formato já recebeu, precisará ser acompanha de perto, como o Gavin já prometeu. Entendo que seu foco foi no limitado, mas ela fornece aos decks azuis uma ferramenta muito poderosa para o controle do campo, além da vantagem de cartas com o passar dos turnos. O UR Skred já vinha utilizando o Crown-Hunter Hireling, mesmo não sendo uma criatura muito relevante, mas agora você consegue lidar com a criatura mais relevante do seu oponente, ao mesmo tempo em que você pode acumular recursos para vencer a partida. Além disso, Cair em Desgraca é um encantamento, o que possibilita seu uso em decks com blink, como o UR Familiar.
 
 
E vocês, o que acharam de Commander Legends para o formato? Acreditam que o Pauper está sendo levado em consideração ao se conceber novas coleções ou acham que essa é mais uma prova que precisamos de mais olhos sobre o formato? E sobre as cartas, estão ansiosos pelos resultados das novas listas? Acham que alguma outra carta pode se destacar? Deixem aí nos comentários o que acharam da edição.
 
Galera, vou ficando por aqui e espero que tenham gostado das dicas. Um abraço a todos e até mais!
Heli Mateus ( helimateus)
Heli Mateus conheceu o Magic em 1998, mas começou a jogar em 2015 quando conheceu o
formato Pauper. Hoje é entusiasta do formato e produtor de conteúdo, principalmente como
podcaster sendo host do PauperView e cohost do RakdosCast.
Redes Sociais: Facebook, Instagram, Twitter
Comentários
Ops! Você precisa estar logado para postar comentários.
(Quote)
- 28/11/2020 21:31

opa! infelizmente estou jogando bem menos do que eu gostaria, espero que isso mude nas próximas semanas...opa, listas atualizadas já estão vindo...rs! abraços

(Quote)
- 28/11/2020 21:30

fala mano! sim, acho q teremos um fase bem diferente nas próximas semanas, sendo necessário pensar bem na montagem dos decks, porém o efeitos dessas cartas para os aggro é devastador.

(Quote)
- 28/11/2020 21:28

opa! eu acho o efeito mto forte para o formato, considerando que os decks aggros já sofrem com base e se forçam a ser monocoloridos, dificultando mais ainda suas opções...

(Quote)
- 28/11/2020 21:27

opa! então...as coisas já então mudando recentemento..Canhonada e Cair em Desgraça já estão moldando o formato...é cedo pra falar em banimento, mas qq deck hj tem q pensar nelas para escolher suas opções. valeu

(Quote)
- 28/11/2020 21:26

fala mano! acredito que ela possa ser uma resposta genérica sim! mas ainda vejo o guardião como uma carta na manga para roubar as monarquia por ae..

Últimos artigos de Heli Mateus
Hora do Pauper - Retrospectiva 2020
Venha comigo relembrar os fatos marcantes desse atípico ano de 2020 para o Pauper.
5.045 views
Hora do Pauper - Retrospectiva 2020
Venha comigo relembrar os fatos marcantes desse atípico ano de 2020 para o Pauper.
5.045 views
Há 14 dias — Por Heli Mateus
Hora do Pauper - Temur Ponza
Será que destruir terrenos é uma saída para lidar com o metagame atual?
7.743 views
Hora do Pauper - Temur Ponza
Será que destruir terrenos é uma saída para lidar com o metagame atual?
7.743 views
16/12/2020 10:05 — Por Heli Mateus
Hora do Pauper - UB Monarca
Ser midrange é tendência no formato e o UB mostra que ainda sabe fazer isso muito bem.
5.926 views
Hora do Pauper - UB Monarca
Ser midrange é tendência no formato e o UB mostra que ainda sabe fazer isso muito bem.
5.926 views
03/12/2020 10:05 — Por Heli Mateus
Hora do Pauper - Iniciando no formato Pauper
Pauper é um bom formato de entrada no MTG. Mas, por onde eu começo?
4.843 views
Hora do Pauper - Iniciando no formato Pauper
Pauper é um bom formato de entrada no MTG. Mas, por onde eu começo?
4.843 views
11/11/2020 10:05 — Por Heli Mateus
Hora do Pauper: Monarca
Como uma mecânica pensada para o limitado influencia o formato.
4.250 views
Hora do Pauper: Monarca
Como uma mecânica pensada para o limitado influencia o formato.
4.250 views
06/10/2020 10:05 — Por Heli Mateus