Load or Cast
Analisando Banlists
Banlists não são escritas sobre pedras, elas podem e às vezes devem mudar. Uma análise do Orelha sobre o que poderia mudar
18/05/2021 10:05 - 11.327 visualizações - 42 comentários
Load or Cast

Fala galerinha, tudo bem com vocês? Espero que sim.


Os Spoilers de Modern Horizons 2 estão à todo vapor, e, como não gosto muito de discutir sobre o que pode ser lançado ainda, vamos falar sobre o que poderia mudar nas banlists.


O Legacy, por ser o formato mais antigo, é o que tem a maior banlist. É claro que não vamos analisar carta por carta aqui, isso seria desnecessário, uma vez que cartas como Black Lotus não têm justificativa alguma para o unban, portanto vou postar a lista de todas as cartas banidas no Legacy e no Modern e, à partir daí, trabalharemos em cima apenas das que teriam o potencial de voltar para o formato.


No Legacy nós temos 9 cartas de Playing for Ante, que é uma mecânica descontinuada e banida, e 25 cartas de Conspiracy, que não são válidas para formatos não-draft. Portanto, o grosso da banlist é exatamente isso daqui:


● Ancestral Recall
● Arcum's Astrolabe
● Balance
Bazaar of Baghdad
Black Lotus
● Channel
● Chaos Orb
● Deathrite Shaman
● Demonic Consultation
● Demonic Tutor
Dig Through Time
● Dreadhorde Arcanist
● Earthcraft
● Falling Star
● Fastbond
● Flash
● Frantic Search
● Gitaxian Probe
● Goblin Recruiter
● Gush
● Hermit Druid
● Imperial Seal
Library of Alexandria
● Lurrus of the Dream-Den
Mana Crypt
● Mana Drain
● Mana Vault
● Memory Jar
● Mental Misstep
● Mind Twist
● Mind's Desire
● Mishra's Workshop
● Mox Emerald
● Mox Jet
Mox Pearl
● Mox Ruby
Mox Sapphire
● Mystical Tutor
● Necropotence
● Oath of Druids
● Oko, Thief of Crowns
● Sensei's Divining Top
● Shahrazad
● Skullclamp
● Sol Ring
● Strip Mine
● Survival of the Fittest
Time Vault
● Time Walk
● Timetwister
● Tinker
● Tolarian Academy
● Treasure Cruise
● Underworld Breach
● Vampiric Tutor
● Wheel of Fortune
● Windfall
● Wrenn and Six
● Yawgmoth's Bargain
● Yawgmoth's Will
● Zirda, the Dawnwaker

 

Entre escolhas minhas e discussões que vi pela internet, as cartas que são mais interessantes de discutir são: Modelagem da Terra, Druida Eremita, Lurrus da Toca Onirica, Distorcer a Mente e Sorte Inesperada.

 

- Modelagem da Terra :

 

 

Um encantamento que comba diretamente com Ninho de Esquilos, dando força bem grande para decks como Enchantress ou decks que possam usar essa combinação como kill condition alternativa/surpresa. O maior problema aqui seria dar mais armas para decks como Elfos, que não só poderiam usar peças soltas do combo como também, pela ausência de cartas pretas no maindeck, podem operar apenas através de básicas, tornando todas as suas criaturas Elfos de Llanowar sem enjôo, basicamente multiplicando o número de Berco de Geia do baralho. Ao meu ver é muito arriscado desbaní-la, mesmo parecendo um combinho fraco.

 

- Hermit Druid:

 

 

O Druida parece uma versão lenta do combo usado pelo All Spells. Ele parece porque de fato é. No entanto, sua restrição é não ter terrenos BÁSICOS no deck, e não simplesmente não usar terreno algum no deck sem contar com as MDFC, tornando possível uma base de mana de 3+ cores composta apenas por dual lands e fetchlands, o ideal para o formato, que quer dizer que seu deck não teria um drawback insano pela montagem do combo como acontece com o All Spells.


Outro ponto importantíssimo é que o Eremita é verde, então ele pode ser tutorado por Zenite do Sol Verde, dando mais versatilidade para o combo com uma toolbox de ramp e proteção, além da possibilidade de enfiar uns Tarmogoyf no meio e matar batendo se precisar. Isso tudo num deck que pode usar Tempestade Cerebral, Ponderar e Veu do Verao sem sofrer nem um pouco. Não é nada interessante desbanir o surfista de Santos.

 

- Lurrus da Toca Onirica:

 

 

O Lurrus foi banido antes de mudarem a regra de companion, então não sabemos como seria num mundo onde você teria que pagar 3 para colocá-lo na mão. Sem Wrenn and Six ele fica um pouco menos opressivo no formato. Ao meu ver, seria possível desbaní-lo como carta no deck e baní-lo como Companion, mas como acho que trocar um Unban por um Ban não é de interesse da Wizards, manteremos o gato enjaulado por enquanto.


- Distorcer a Mente:

 

 

Uma carta que era perigosa beeeem no começo do Legacy, com decks de Ritual Sombrio e Monolito Sinistro ajudando a fazer um super Hymn to Tourach.


Para os dias de hoje eu acho essa carta underpowered. Ok, ela pode te fazer descartar a mão inteira bem rápido, mas para isso o deck dela precisaria de muita mana(provavelmente proveniente de artefatos) e mana preta, o que não combinam muito bem, uma vez que Dark Ritual e artefatos de lock não conversam bem entre sim.


Claro, o unban desta carta faria alguns jogadores a perder a mão inteira no segundo turno 1 ou 2 às vezes, mas no geral um deck novo deveria surgir só para isso, e a carta não é muito potente em decks que usam preto e mais outra coisa pois eficiência de mana domina o formato. Para mim, é um Unban bem Safe.

 

- Sorte Inesperada:

 

 

Quem precisa de Sorte Inesperada quando temos Eco das Eras? Na verdade, muita gente precisa sim.


O argumento de unban de Sorte Inesperada é que, quanto mais tempo passar na partida, maior a chance de ele ser um 3 manas draw 3 ou 4 e não valer a pena a inclusão no deck. No entanto, é importante lembrar que Sorte Inesperada é uma Wheel of Fortune bem potente no começo do jogo, e graças às milhares de acelerações do Legacy, fazê-la turno 1 e continuar combando não é nada difícil. Os meu principais argumento para não desbaní-la seria o fato de ser um ótimo Wish target para os Storm de uma maneira que não atrapalhe a construção do maindeck, além de ser uma carta que não precisa de build around, enquanto o Eco precisa ser descartado para ser conjurado facilmente, o Windfall é 3 manas: troca a mão. O tipo de carta que não faria bem pro formato caso ela voltasse.

 

E enquanto estamos falando sobre o Legacy, vamos falar sobre o elefante Titã na sala:

 


- Uro, Tita da Ira da Natureza:

 

 

Já está na hora(na verdade já passou da hora) de banir o Uro do Legacy. Com o banimento de Astrolábio esperava-se que o Uro perdesse força no formato, mas não demorou muito para percebermos que ele é muito fácil de se encaixar em qualquer deck UG(até mesmo combos) e voltá-lo do grave mesmo depois de múltiplas Terras Ermas.


Mesmo com Karakas como “resposta” para ele, ainda acho que a carta é muito fácil de se abusar e não deveria existir. Se possível, levaria Uro e Veu do Verao junto para que o Legacy fique menos “UG” e dê mais chances para outros decks grindarem no mid e late game.

 

A Banlist Modern:


Ancient Den
● Arcum's Astrolabe
● Birthing Pod
● Blazing Shoal
● Bridge from Below
● Chrome Mox
● Cloudpost
● Dark Depths
Deathrite Shaman
● Dig Through Time
● Dread Return
● Eye of Ugin
● Faithless Looting
● Field of the Dead
● Gitaxian Probe
● Glimpse of Nature
● Golgari Grave-Troll
● Great Furnace
● Green Sun's Zenith
● Hogaak, Arisen Necropolis
● Hypergenesis
● Krark-Clan Ironworks
● Mental Misstep
● Mox Opal
Mycosynth Lattice
● Oko, Thief of Crowns
● Once Upon a Time
● Ponder
● Preordain
● Punishing Fire
● Rite of Flame
● Seat of the Synod
● Second Sunrise
● Seething Song
● Sensei's Divining Top
● Simian Spirit Guide
● Skullclamp
● Splinter Twin
● Summer Bloom
● Tibalt's Trickery
● Treasure Cruise
● Tree of Tales
● Umezawa's Jitte
● Uro, Titan of Nature's Wrath
● Vault of Whispers


A Banlist do Modern é bem mais singela, com algumas cartas banidas já com o lançamento do formato, portanto nunca chegamos a ver o impacto que teriam, seria uma boa ideia desbaní-las?


As minhas opções para a discussão são: Os 5 Terrenos artefato, Relance da Natureza , Ponderar, Preordenar, Fogo Punidor, Jitte de Umezawa .

 

- Os 5 Terrenos Artefato:

 

    

 

  

 

Depois do Ban da Mox e do KCI muita gente pediu o unban dessas 5 maravilhas. O problema é que elas não adicionam NADA ao formato. Ou seriam desbanidas para ajudar só um pouquinho os Urzinhas daqui e Scales dalí, ou criariam novos arquétipos opressores que demandariam banimentos ou novos hates criados pela dona Wiz. Esse é o maior problema destes terrenos, nada fair vem deles, e de coisas unfair o formato já está cheio. Melhor enterrados a 7 palmos embaixo do campo de batalha.


- Relance da Natureza:

 

 

Relance da Natureza nunca foi válido no Modern, mas mesmo sem algumas coisas que a versão Extended do deck usava, ele ainda seria muito forte no Modern, principalmente pelo fato de que você não precisa usá-lo no elfos. Um Cheerios com várias criaturas custo 0 finalizando de Grapeshot ou até mesmo um deck estilo affinity onde tudo é gratuito, ou quase gratuito, poderiam tirar muito valor do Relance da Natureza, isso é, se você pensar apenas em usá-lo de maneira ultra unfair. Decks agressivos e de curva baixa com dorks, como o elfos, poderiam usá-lo como refill de mesa, mesmo sem finalizar através de um combo. Isso tudo juntando o fato de que Relance da Natureza foi lançado apenas de uma edição, o que faria com que ele explodisse para 300+ reais sem reprint iminente, nada legal para um formato que já anda bem caro.

 

- Ponderar e Preordenar:


  
 

São cartas diferentes que estão na mesma categoria, a das cantrips de uma mana super eficientes.


Muita gente diz que os controls precisam de manipulação de topo para bater de frente com os decks mais rápidos, eu discordo muito. Primeiro que os controls já estão bem equipados atualmente, o problema é os aggros serem rápidos e consistentes demais e não os controles serem ruins. O outro ponto é que não são apenas os controls que usam cantrips, qualquer deck de combo com azul ficaria infinitamente mais forte e consistente com estas 8 cantrips.


É o clássico: Se fossem usar Mox de Cromo só para fazer Confidente Sombrio turno 1 no Modern a carta estaria desbanida, mas quem mais usaria essas cartas são os combos e não os controls e midranges. Um grande NÃO para o unban.


- Fogo Punidor:

 

 

Ok Jundeiros, acalmem-se, Punishing Fire não vai voltar agora nem NUNCA MAIS!


AIN ORELIA, É SÓ UM SHOCK. Sim, um Shock recursivo que impede que qualquer criatura de traseiro 2 ou menos não fique em campo nem com reza braba.


A maior parte das pessoas que pedem unban do Fire é porque nunca jogaram com ou contra ele, a carta é muito absurda. Agora imagina um Modern com Punishing Fire, Vida da Marga, Bosque dos Salgueiros Igneos e Wrenn and Six no mesmo deck. Boa sorte jogando magic com criaturas. Ah, e não preciso nem dizer que essa shell também teria counters para lidar com controls e combos, né? Quem pede Unban de Punishing Fire ou não jogou com/contra a carta ou só quer para uso próprio.

 


- Jitte de Umezawa

 

 

Claro que eu não poderia deixar o MEU BEBÊ de fora, a Jittezinha.


O argumento para unban é que o formato tem muito removal, tem descartes, seria fácil de lidar, no entanto, a maioria das pessoas não entende o quão opressor é ter uma Jitte do outro lado da mesa, transformando até uma Hierarca Nobre numa máquina mortífera. Ainda mais agora com Stoneforge Mystic, onde você pode ter, pelo menos, cinco "Jittes virtuais" em seu deck, fica difícil lidar com os aggros transformando até Elfos de Llanowar turno 10 numa ameaça a ser respondida imediatamente. E vale ressaltar que a Jitte desencadeia em QUALQUER dano de combate, e não só a jogadores, então é possível sacrificar criaturas ruins em combate apenas para colocar marcadores para, no próximo turno, bater com um bixo melhor e com o potencial +2/+2. Jitte sempre estará no meu coração, mas nunca no Modern.

 


Das cartas que não estão na Banlist do Modern, tem duas que eu gostaria de ressaltar:

 

Heliode, Coroa de Sol

 

 

Carta chave do deck mais expressivo do Modern atualmente. Um deck que contêm 2 combos de duas cartas bem fáceis de realizar, e que, mesmo com as dificuldades do Magic Online, ainda é um deck muito jogado e de ótimos resultados.


Meu argumento para o Ban do Heliod é que é muito ruim de se hatear. Cartas como Desmanchar o Eter e Deicidio só funcionam contra ele no deck todo, te colocando na obrigação de responder todas as outras ameaças(e que não são poucas) para manter o jogo.


O fato de não tomar Caminho para o Exilio também é preocupante, uma vez que decks de criatura tendem a sofrer para removal, não o Heliod Life.


O fato de Chuva de Sangue não parar o Lifelink da Walking Ballista também é preocupante, já que este seria um bom hate para diversos decks.


Na minha opinião o Heliod só está no Modern porque os jogos estão apenas Online e não há mais reclamações como havia na época do Twin IRL.

 


- Bijuteria de Mishra:

 

 

Olha lá, mais uma free spell, quem diria heim?


Mishra's Bauble é card selection, cantrip, trigger de prowess e recursiva em praticamente todos os decks que a usam, isso por si só já seria um problema, mas adicionamos ainda o fator de que ela custa 0(ZERO!!!!) manas para ser feita e pode transformar seu Lurrus da Toca Onirica num 4 pra 1(1 da criatura 3/2 Lifelink, 1 da Bauble, 1 da informação dada e 1 do draw), isso se o Lurrus morrer imediatamente, se ficar vivo é ainda melhor.


Por que não banir Lurrus então? Porque Bauble continuaria sendo jogada, e Lurrus fazendo permanentes que não dão draw(ou pelo menos sendo obrigado a fazer isso pagando mana) é muito mais tranquilo, pois não faz um jogo equilibrado sair do controle em dois turnos por causa da vantagem de recursão de Bauble.


Estamos jogando Modern, se quiser um efeito de draw, pague por ele!


Claro que minha análise é totalmente baseada na MINHA opinião. Você pode e deve discordar, inclusive, adoro uma discussão saudável, deixe nos comentários abaixo o que você concorda e discorda sobre o que falei, mas é inegável que algumas cartas realmente não deveriam voltar para o Modern ou Legacy, e outras já estão fazendo hora extra. Vamos ver se a lista precisará ser refeita depois do lançamento de MH2!


Antes de ir, deixo aqui meu jabazinho clássico: meu canal no Youtube e na Twitch onde tem gameplays várias vezes por semana de vários formatos entre Magic Arena e Magic Online, cola lá pra ajudar!


Deixe aí embaixo também suas perguntas pro próximo ORELHA RESPONDE que vai sair logo logo. Um grande abraço do Orelinha e se cuidem!

Bruno Ramalho ( Bruno_Orelha)
Bruno Orelha é amante das estratégias de terrenos como Lands, Death and Taxes e Valakut. Capitão do Valakuteam e Youtuber nas horas vagas em www.youtube.com/brunoears.
Redes Sociais: Youtube, Facebook
Comentários
Ops! Você precisa estar logado para postar comentários.
(Quote)
- 26/05/2021 17:02

a bauble foi de "carta esquecida" para "melhor cantrip do formato" muito rápido hahahaha

(Quote)
- 22/05/2021 01:17
Sempre achei a Mishra roubada... lembro que quando passei a jogar competitivo ela era absurdamente cara...
(Quote)
- 20/05/2021 17:54

Eu nunca pensei dessa forma, e faz sentido demais!

(Quote)
- 20/05/2021 11:24
Ótimo assunto, sempre bom discutir banlist, só acho que Earthcraft+Squirrel nest não deve ser tratado como COMBINHO, pois combo de duas cartas da mesma cor são sempre perigosos, se acaso a wizards desse unban em Earthcraft eu tiraria os meus da pasta pra jogar na hora.
(Quote)
- 20/05/2021 09:50

Cartas restritas criam um cenário ruim. Aumenta a variância, os tutores ficam mais fortes... criaria cenário mais ou menos assim:

"Dredge perde pra Burn, a menos que o cara ache o Hogaak (imaginando um cenário em que o Hogaak fosse restrito)".

Aí ficaria um cara mulligando atrás da carta, o outro rezando pro cara não achar. Decks como o Dredge, decks com variados tutores (tipo os decks que rodam Chord of Calling ou CoCo) ou mesmo aqueles decks cheios de cantrips teriam vantagens sobre os demais. O shuffle decidiria mais os matches. Enfim... não é um cenário muito animador.

Isso só funciona legal mesmo no Vintage, porque o formato é assim.

Últimos artigos de Bruno Ramalho
Marretando o Modern
Um Guia sobre o deck que está martelando o Modern
2.548 views
Marretando o Modern
Um Guia sobre o deck que está martelando o Modern
2.548 views
Há 4 horas — Por Bruno Ramalho
100% de aproveitamento
Entender seu estilo de jogo é crucial para o aproveitamento técnico e de divertimento durante uma partida!
5.520 views
100% de aproveitamento
Entender seu estilo de jogo é crucial para o aproveitamento técnico e de divertimento durante uma partida!
5.520 views
Há 14 dias — Por Bruno Ramalho
Orelha responde - 0002
Orelha Responde está de volta com as dúvidas mais maravilhosas da atualidade, desde o competitivo ao forfun!
4.542 views
Orelha responde - 0002
Orelha Responde está de volta com as dúvidas mais maravilhosas da atualidade, desde o competitivo ao forfun!
4.542 views
Há 28 dias — Por Bruno Ramalho
Magic e as Vacas Sagradas
As Vacas Sagradas do Magic são geralmente deixadas de lado, no artigo de hoje vamos entender o que são e como tirar o maior proveito possível
6.089 views
Magic e as Vacas Sagradas
As Vacas Sagradas do Magic são geralmente deixadas de lado, no artigo de hoje vamos entender o que são e como tirar o maior proveito possível
6.089 views
29/06/2021 10:05 — Por Bruno Ramalho
Experimentos com Modern Horizons 2
O Laboratório de Orelha
7.113 views
Experimentos com Modern Horizons 2
O Laboratório de Orelha
7.113 views
15/06/2021 10:05 — Por Bruno Ramalho